38 anos.png
ESTADO

Em 24 horas choveu quase o dobro do previsto para o mês em Tubarão

Segundo a Defesa Civil, foram registradas 168,8 mm de chuva nas últimas 24 horas. Várias ruas estão alagadas e três famílias tiveram que ser retiradas de suas casas

Por Folha Regional - Tubarão


(Foto: Folha Regional) /

A chuva que iniciou na última terça-feira (8), persistiu ainda na manhã de ontem (9), causando transtornos em Tubarão e em todo o Estado. Segundo a Defesa Civil, nas últimas 24 horas choveu quase o dobro do previsto para o mês de junho na cidade, que registrou durante a noite 73,2mm e nas últimas 24h, 168,8 mm. Tubarão é a cidade que registrou maior voume de chuva em toda a região nas últimas horas.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil do município, coronel Djalma Alves, vários pontos de alagamentos foram registrados. Durante a madrugada houve três ocorrências de alagamentos em residências e os moradores foram retirados do local pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados para casas de parentes. Casos ocorreram nos bairros São João Margem Esquerda e no Dehon.

O coordenador informa que nesta manhã houve deslizamento de encosta na Estrada Geral Rio do Pouso, que encontra-se bloqueada. No bairro São Clemente, os brinquedos instalados na praça ficaram debaixo da água.

 Equipes da Defesa Civil de Tubarão e da Secretaria de Agricultura estão mobilizadas para atendimento dessa ocorrência e liberar a via.

As chuvas também alagaram ruas de municípios vizinhos, como Laguna. O trânsito é lento na BR-101. Em Balneário Camacho, em Jaguaruna, moradores também registraram pontos de alagamentos. A Rua Sueli Vieira Ramos está inundada e motoristas enfrentam dificuldades para passar pelo trecho. 


Conexão master site.png

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711