16.5 C
Curitibanos
quarta-feira, 06 de julho de 2022

Mais de 600 pacientes foram atendidos no Pronto Acolhimento depois que o horário foi estendido até às 22 horas

Equipe conta com dois médicos e atendimento acontece das 8 ás 22 horas, de segunda a sexta-feira

Mais de 600 pessoas foram atendidas pela equipe do Pronto Acolhimento (PA) de Curitibanos, somente nos primeiros 30 dias em que o atendimento foi ampliado até às 22 horas. Desde 1º de abril o atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 22 horas, sem fechar para o almoço, e a maior demanda é registrada a partir das 18 horas.

Segundo o secretário de Saúde Roque Stanguerlin, a movimentação do primeiro mês de atividades comprova que o PA é uma decisão governamental acertada. “A avaliação realizada com a administração é a mais positiva possível, pois foram mais de 600 atendimentos com tempo de espera relativamente curto, com dois médicos atendendo e com toda a equipe preconizando o que o prefeito Kleberson sempre pregou que é melhorar cada vez mais a saúde em Curitibanos”, destacou.

Além disso, o secretário argumenta que o Pronto Acolhimento até às 22 horas é uma forma de trabalhar em parceria com o Hospital Hélio Anjos Ortiz, que continua exercendo sua função, até porque o município faz o repasse de recursos, mas que consegue diminuir a procura por atendimento emergencial. “Não criamos um único serviço, mas oferecemos duas opções para que a comunidade possa ser atendida”, justifica.

SINTOMAS GRIPAIS

O que chamou a atenção em Curitibanos foi a procura, na última segunda-feira (9), por atendimento de pessoas com sintomas gripais. Em todas as unidades, foram registrados 120 atendimentos. Deste número, 64 foram realizados no Pronto Acolhimento, o que, segundo o secretário Roque, pode ter sido ocasionado pela oscilação da temperatura registrada nos últimos dias.

Receba notícias direto no seu celular, através dos nossos grupos. Clique no link para participar:

WhatsApp

Destaques

Últimas notícias