ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
ARTIGO DO LEITOR

A água

25 Novembro 2018 15:06:00

'É necessário começarmos urgentemente educar a nova geração quanto aos cuidados e conservação de nossas fontes'

Rogério de Souza Ortiz


Rogério de Souza Ortiz (Foto: Divulgação)

O maior líquido precioso no planeta Terra, abençoado por natureza. Usado em todos os momentos da vida e em todos os procedimentos de preparos alimentares, desde o nascimento das plantas até o consumo, sem falar da limpeza em todos os setores.

No entanto, ela não tem os devidos cuidados pelos que a usam. Vejamos, os maus tratos dos rios e das nascentes que são jogados lixos, rede de esgoto e tudo mais. É necessário começarmos urgentemente educar a nova geração quanto aos cuidados e conservação de nossas fontes, pois, daqui a alguns anos, poderá faltar água potável até para matar a sede. 

Que tal se as nossas autoridades governamentais, ao invés de gastar fortunas com baboseiras, cuidassem melhor de nossas nascentes, mandando cercá-las até o final de captação de tratamento? Partindo desta ideia, talvez não seria necessário o uso de tanto cloro no tratamento. Mas para tanto, teria que haver uma rígida fiscalização do Meio Ambiente e outros.

Há muito o que se falar sobre a água, sendo que nosso corpo e o globo terrestre são 70% compostos por ela. É meio esquizofrênico pensar que o mundo poderá sobreviver sem o petróleo, mas sem água não. A exemplo, comparamos o automóvel, com a Maria Fumaça ou locomóvel toda tocada a vapor. Existindo água para floresta, existe lenha. Outra comparação é que os cavalos, bois e burros não movem carro ou carroça sem beber água. E, ainda, a vaca não dará leite sem tomá-la. 

Nesse momento, me lembro de um caneco de chopp em que tinha um desenho de sapo na lagoa e logo abaixo: 'Não beba água, só cerveja'. Que pura idiotice se a cerveja é feita de água. Mesmo que se diga que Santa Catarina seja o mais rico em fontes de água, ainda estamos correndo o risco dela ser arruinada pelos vários fatores das indústrias poluidoras, dos agrotóxicos e tudo mais.

Vejamos o exemplo do Nordeste e a calamidade da seca. Nós, os catarinenses, teríamos água até para exportar para o Ocidente e Oriente Médio, mas devemos cuidar dela, antes que acabe. Se for para voltarmos para a idade da pedra lascada, sem o petróleo, pelo menos precisamos de água pura com abundância.


OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

logo as5.png

JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711