Curitibanos,
35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

Santa Catarina confirma 23 mortes causadas por gripes A e B em 2018

14 Julho 2018 10:05:00

Joana Caldas, G1 SC


Lavar as mãos com frequência também é uma forma de prevenção contra a gripe (Foto: Reprodução/RBS TV)



Santa Catarina registou 23 mortes por gripe A e B em 2018, segundo boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do estado (Dive-SC) divulgado na quarta-feira (11). O órgão alerta para a prevenção para a doença e que as pessoas que tiverem os sintomas procurem uma unidade de saúde em até 48 horas.

"Estamos neste momento na sazonalidade da gripe, de maio a agosto. Esses números estão dentro do previsto para o momento. No entanto é importante que as pessoas tomem cuidados para se prevenir", afirmou o diretor da Dive-SC, Eduardo Macário. 

Prevenção

Com prevenção à gripe, o órgão recomenda lavar as mãos com frequência e evitar ambientes fechados com aglomeração de pessoas.

O órgão também orienta que sejam mantidos limpos com álcool objetos e superfícies que tenham contato direto com mãos, como mesas, teclados, maçanetas e corrimãos e que não sejam compartilhados objetos de uso pessoal, como copos e talheres. 

Campanha de vacinação

O estado imunizou 86% do público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe. A meta era 90%. O diretor da Dive afirmou que poucos postos ainda têm a vacina, mas o grupo prioritário que não foi imunizado pode procurar por ela nas unidades de saúde.

Sintomas

O diretor da Dive-SC enfatizou que é importante que a pessoa procure atendimento quando tiver os sintomas. "Não fique em casa, mesmo se tiver sido vacinada. Procure uma unidade de saúde para fazer o primeiro atendimento, para ver se há necessidade do uso do antiviral, além de outros medicamentos", afirmou Macário.

Os sintomas da doença são:

febre 

falta de ar

tosse

dor de cabeça

dor de garganta

dor no corpo


Segundo o diretor, do total de mortes por gripe A ou B, todas as pessoas que tinham algum fator de risco não haviam sido vacinadas. As outras quatro, demoraram mais de sete dias para buscar atendimento nas unidades de saúde.

Casos

Durante todo o ano, 256 tiveram a doença. A maioria das mortes foi de idosos.

Casos de gripe A ou B foram registrados pela Dive em 73 municípios catarinenses. As mortes ocorreram em 14 cidades:

Florianópolis: quatro mortes 

São José: três mortes

Blumenau, Jaraguá do Sul, Joinville e Vidal Ramos: duas mortes cada

Balneário Barra do Sul, Canoinhas, Itajaí, Lebon Régis, Nova Trento, Pomerode, São Miguel da Boa Vista e Videira: uma morte cada

OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711