37 anos.png
37 anos.png
  
IRREGULAR

Parque aquático é interditado em Curitibanos

No último domingo uma menina morreu afogada no local

Renata Westphal


(Foto: Polícia Civil)/

O parque aquático onde uma criança de 9 anos morreu afogada, no último domingo, foi interditado pela Polícia Civil de Curitibanos na tarde de ontem (28). 

Segundo a delegada regional Roxane Fávero Pereira Venturi, o parque aquático funcionava sem alvará da Polícia Civil. "A estrutura possui alvará para restaurante e hotel, mas não tem para o funcionamento de um parque aquático", afirmou a delegada. 

O comandante do 2º Batalhão de Bombeiros Militar de Curitibanos Paulo Diniz Arruda Nunes, explicou que aos olhos do Corpo de Bombeiros, o parque aquático também funcionava irregular, já que haviam pendências constatadas durante a última vistoria feita no parque, em 5 de dezembro, que deveriam ter sido sanadas até o último dia 17. 

A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar a morte de Estefane Kauane de Abreu. Ainda no domingo, a delegada de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso, Brícia Costa ouviu familiares da vítima, testemunhas e um dos gerentes do parque. Crianças que estavam no local no momento do afogamento devem ser ouvidas por psicólogo no próximo dia 3.

(Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)/


 


OculoseCia.gif
Conexão master site.png

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711