37 anos.png
37 anos.png
  
banner-ki-sbaor.png
IMÓVEIS

Numeração de casas deve ser alterada

Para receber faturas e encomendas corretamente, é preciso alterar o cadastro em estabelecimentos

Kalyane Alves / Tatiana Ramos


MUDANÇA. Família Costa já fez alteração do número na residência (Foto: Kalyane Alves)/

Junto ao carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) deste ano, os curitibanenses estão recebendo a informação sobre a numeração correta de suas residências. A ordenação dos números faz parte da etapa final de um processo de recadastramento imobiliário que iniciou em Curitibanos em 2016. 

Em alguns casos, será necessário alterar o número e alguns munícipes já estão providenciando a substituição, como é o caso da família Costa, que mora na Rua Henrique Berger, no bairro São José. Com o recadastramento imobiliário, a casa deles passou do número 67 para 305.

Para o cobrador Itamar Paulo Costa, a mudança é positiva, pois as casas têm números muito alternados na mesma rua. Ele advertiu que, se as pessoas não atualizarem a numeração, será como se estivesse em um endereço incompleto. "Todos devem ajudar, porque é algo para o bem comum", avaliou.

Itamar foi informado sobre a necessidade de mudança na numeração de sua casa ao retirar o carnê do IPTU 2019. Assim que soube da troca, ele procurou Celesc, Casan e bancos para atualização de endereço. Em seguida, passou nas financeiras de cartão de crédito. Segundo ele, o único gasto que teve foi com o número novo para o imóvel, pois a mudança nos estabelecimentos não gera custos. Ele complementou, ainda, que o preço da produção do número para fixar na residência é variado e depende da escolha do cliente. No seu caso, gastou R$ 50.

Itamar pontuou que um dos maiores benefícios na atualização dos endereços será para o recebimento de correspondências. "Se todos se conscientizarem, não terá mais conflitos de endereços e números. Isso facilitará para carteiros e cobradores", frisou. Além disso, reforçou que as pessoas devem, também, regularizar a situação caso tenham mais de uma moradia no mesmo lote.

(Foto: Kalyane Alves)/

Jornal

Assim com Itamar regularizou seu endereço para recebimentos de faturas, assinantes do Jornal "A Semana" também devem informar o novo número para garantir a entrega dos jornais. "Entendemos que essa mudança é importante, mas ressaltamos aos nossos assinantes que, quando efetuarem a troca da numeração, comuniquem ao setor de assinaturas para alterar o cadastro e continuar recebendo o jornal normalmente", salientou um dos diretores do "A Semana", Hélio Westphal.

Para fazer a alteração do endereço, basta comunicar pelo telefone (49) 3245-1711, das 8 às 12 horas e das 13h30' às 18 horas, de segunda a sexta-feira. Quem preferir pode passar diretamente na sede do "A Semana", na Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida.

Notificação 

O prazo para mudar o número do imóvel é de 90 dias após o recebimento da notificação. No entanto, essa notificação será emitida apenas para quem retirar o carnê do IPTU pessoalmente na Prefeitura. Para quem imprimir o carnê pelo site, a data que vale como notificação é a da impressão.

Para saber se a numeração de sua casa está correta, o contribuinte deve observar o endereço impresso no carnê do IPTU 2019: se o número que consta no carnê for diferente do número que está no imóvel, o proprietário deve realizar a troca. Caso haja algum questionamento em relação à mudança, o contribuinte deverá procurar a Prefeitura, entre 13 de março e 12 de abril, para contestar a alteração ou tirar dúvidas referentes ao procedimento.

Critérios

A numeração será ordenada seguindo alguns critérios, como números pares à direita da rua e ímpares, à esquerda. Além disso, deve obedecer a uma sequência lógica e baseada na metragem em relação ao início da via.

Em números

Em um levantamento inicial realizado pela empresa contratada para o recadastramento imobiliário, mais de 50% dos imóveis de Curitibanos estariam com numeração incorreta, chegando a cerca de 12 mil. No entanto, em uma análise mais minuciosa, foi constatado que vários desses imóveis eram lotes sem construções e, em outros casos, que seria possível flexibilizar um pouco a regra para minimizar transtornos.

Benefícios 

A ordenação dos endereços será importante para outras ações do Município. A partir de 2020, os carnês de IPTU serão entregues diretamente na casa do contribuinte, através dos Correios, o que exigirá que os endereços estejam atualizados e de acordo com o cadastro na Prefeitura.




OculoseCia.gif
Conexão master site.png

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711