37 anos.png
37 anos.png
  
banner-ki-sbaor.png
JORNAL-PC-NOVA-CONF.png
COMEMORAÇÃO

Meio século de união e conhecimento

EEB Sólon Rosa completou 50 anos na última terça-feira (7)

Por Renata Westphal


(Foto: Renata Westphal)/

A última terça-feira (7), marcou meio século da Escola de Educação Básica Sólon Rosa, que há 50 anos apresenta conhecimentos para alunos, pais e professores, formando uma verdadeira família marcada por garra e união. Sendo uma das escolas mais antigas de Curitibanos e uma das únicas a oferecer desde as primeiras séries até o Ensino Médio, a escola, que está situada no bairro Nossa Senhora Aparecida, se difere por ser formada por alunos de vários bairros e localidades. "Somos uma escola diferente, porque nossa comunidade é formada por várias outras. Trabalhamos com alunos do interior e bairros do município", destaca uma das assessoras da atual diretoria da escola, comandada pelo professor Daniel Fogaça, Juliana Scoz.

Atualmente, 65 professores atendem 1.015 alunos, em três turnos. Nos quadros das salas, o tempo parou com anotações do dia 17 de março, mas através de plataformas on-line e conteúdos impressos, alunos e professores seguem se adaptando ao ensino a distância, devido pandemia de Covid-19. "Há algum tempo a educação caminha para o formato digital, mas devido as circunstâncias, tivemos que nos adaptar muito rápido com a metodologia. Em classes sociais mais altas o processo é mais fácil, mas aqui atendemos muitos alunos sem acesso à Internet ou celulares e notebooks", relata Daniel, informando que muitos alunos vêm somente uma vez por mês à cidade para buscar os conteúdos para estudo. Entre as principais conquistas destes 50 anos, além de premiações de alunos em diversas áreas, está o prédio próprio projetado com ambientes planejados. "Hoje temos laboratórios, biblioteca, área de socialização, ginásio, salas de aula, toda a estrutura que uma escola precisa para atender seus alunos. Essa é uma conquista de muita luta, que envolveu diversos professores e alunos", relembra Juliana. 

(Foto: Arquivo EEB Sólon Rosa) /

O prédio começou a ser construído em 2008 e foi inaugurado em 2012, durante o processo, a comunidade escolar se uniu em um abraço ao prédio, como protesto para que a obra fosse fi nalizada. A escola já funcionou na Rua Barão do Rio Branco, antiga "NAVE"; no atual prédio da Associação dos Municípios da Região do Contestado (Amurc), no bairro Aparecida, de onde saiu por problemas estruturais; a partir de 1996, no prédio "11 de Junho", na Avenida Salomão Carneiro de Almeida, onde dividiu espaço com o Núcleo Municipal Teresa Lemos Preto, em 2000; até que foi para seu prédio próprio.

Entre as atividades desenvolvidas está o programa de esportes em contraturno escolar e extensão de ensino no Casep, desde 2014. "Nunca pensamos comemorar os 50 anos da escola com todos os professores e alunos afastados. Com uma história marcada por união, seguimos trabalhando e nos adaptando ao atual cenário, sob comando de professores que amam o que fazem e estão aprendendo a trabalhar com as novas ferramentas", destaca a assessora Jucelma de Oliveira Prestes. Com o lema "Construindo habilidades e mudando caminho", a EEB Sólon Rosa tem buscado se modernizar e evoluir, construindo história de educação e orgulho para Curitibanos e região. 


OculoseCia.gif
Conexão master site.png

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711