ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
EDUCAÇÃO

Mais um passo para Medicina na UFSC

Representantes da SED estiveram hoje (11) em Curitibanos

Renata Westphal


(Foto: Renata Westphal) /

Dando continuidade em mais uma etapa, e cumprindo as exigência do Ministério da Educação (MEC), para a instalação do curso de medicina da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Curitibanos, representantes da Secretaria de Estado da Educação (SED) se reuniram, na tarde de hoje (11), com o prefeito de Curitibanos, José Antonio Guidi (Dudão), o deputado estadual Nilso Berlanda (PL), vereadores, empresários, representantes da imprensa e diversas instituições da cidade para debater a possibilidade do prédio do Centro de Educação Profissionalizante (Cedup) ser cedido para o funcionamento do novo curso. 

Representando o secretário de educação de Santa Catarina, Natalino Uggioni, estiveram em Curitibanos, a diretora de gestão da rede estadual Isabela Regina Fornari Müller e o diretor Altir Webber de Mello Neto discutindo as possibilidades do acordo entre estado e município para abrigar o futuro curso de medicina e realocar as instalações dos cursos tecnólogos projetados para o Cedup.

A diretora do estado, Isabela, destacou que é uma decisão que deve ser tomada cuidadosamente e por isso, o governo está enviando representantes in loco para decidir se aceita, ou não, o pedido. "Sabemos que a chegada de um curso de grande porte desperta ainda mais o crescimento da cidade, atraí pessoas para o município mas, é necessário estudarmos todas as possibilidades para tomarmos uma decisão que favoreça a comunidade", destacou a representante do estado afirmando que para a implantação do curso de medicina é necessário todo o desenvolvimento da estrutura, inclusive com a oferta de cursos tecnólogos, que já estão garantidos na estrutura construída para o Cedup.

Durante a reunião, várias lideranças do município relataram aos visitantes da SED sobre a experiência educacional vivenciada em Curitibanos e a importância da oferta de um curso gratuito e de reconhecimento para toda a comunidade da região, ressaltando que o investimento é esperado, também, pelos municípios próximos a Curitibanos, que somam uma população de quase um milhão de pessoas. 

O prefeito Dudão adiantou que, se o prédio abrigar o curso de medicina, os cursos tecnólogos já previstos para Curitibanos serão ofertados em prédios da educação pertencentes ao Estado já construídos na cidade. "O Cedup é tão importante quanto a Universidade para o nosso município mas, se não tivermos esse prédio disponível para o curso agora, talvez não tenhamos outra chance de conseguir trazer a medicina para a região", afirmou Dudão.

A resposta da secretaria de Educação do estado deve ser divulgada nos próximos dias.

(Foto: Renata Westphal) /




OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711