37 anos.png
37 anos.png
  
barra números site 3.png
EMPREGO

Mais de 300 empregos em Curitibanos

Madeireira está se instalando na área industrial e deve funcionar a partir de setembro

Renata Westphal


(Foto: Renata Westphal) /

Em construção desde 2017, o funcionamento efetivo da área industrial de Curitibanos deve ocorrer nos próximos meses. No local, já está em atuação a empresa TerraOx, mas a novidade, é a instalação da Atlas Compensados Indústria e Comércio, madeireira de Presidente Getúlio, da região do Alto Vale do Itajaí, que deve iniciar seus trabalhos em setembro e gerar mais de 100 empregos diretos e 250 indiretos.

De acordo com o secretário de Indústria e Comércio de Curitibanos Marcos Aurélio Scapini, o novo empreendimento deve custar em torno de R$ 18 a 20 milhões. "Toda a estrutura da Atlas é nova, com caldeiras novas, inclusive. A madeireira é uma empresa moderna de laminados e compensados", explicou. Ainda segundo o secretário,o empreendimento deve passar por várias fases, a primeira é a instalação da fábrica de laminados. 

Posteriormente, deve ser montada a fábrica de compensados, destinada à exportação. Além disso, há a possibilidade da construção de uma futura serraria. A área total da fábrica será de 42.700 metros quadrados, com 2.800 metros quadrados construídos nesta primeira fase. A madeireira busca mão de obra no município, interessados em trabalhar na área, devem entregar currículo na empresa, em Presidente Getúlio.

Área industrial

A área industrial de Curitibanos, localizada às margens da SC- 120, sentido São José do Cerrito, é um projeto de investimento público-privado que pretende, principalmente, ampliar empresas curitibanenses e receber novos empreendimentos. A estrutura será dividida em 22 ou 24 lotes, dependendo do formato adotado pela prefeitura, que oferece a estrutura básica para instalação.

"Estamos com a rede hidráulica e elétrica prontas e alguns terrenos estão prontos para receber construção, o que estamos esperando agora, é a liberação ambiental para que possamos abrir o edital e para que as empresas interessadas possam se candidatar", garantiu Scapini. 

De acordo com o ele, os terrenos são oferecidos com valor abaixo  do preço de mercado, para, justamente, incentivar o interesse pela área. 

O edital deve dar preferência para pequenas empresas que já  estão em Curitibanos, mas que funcionam em área de conflito, ou seja, que estão instaladas muito próximas de áreas com residências. 

Além disso, empresas com CNPJ existente há mais tempo e  com maior geração de emprego, terão prioridade na hora de disputar os espaços, que será feito através de chamada pública. "Já temos o pré-cadastro de várias empresas interessadas e estamos em negociação com ampliações de empreendimentos. O que tem dificultado a movimentação é a crise financeira, aliada a incerteza  política, o que tem adiado muitos planos, mas Curitibanos é uma cidade muito procurada por empresas, principalmente na área de distribuição, pela boa localização que o município apresenta", comentou Scapini. Mais informações diretamente na Secretaria de Indústria e Comércio, através do telefone (49) 3241-1630. 

OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711