ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
barra números site.png
DESCASO

Lixo em terreno baldio causa transtornos

Morador do bairro Aparecida está preocupado com a situação

Rubiane Lima


(Foto: Rubiane Lima) /

Há mais de 30 anos morando na Rua Otavio Carvalho de Oliveira, bairro Aparecida, em Curitibanos, Valdemar dos Santos Correia diz não aguentar mais a quantidade de animais peçonhentos que entram em sua residência, por ter um terreno baldio com vegetação alta ao lado de sua casa. Ele cobra ação da Vigilância Sanitária para que o problema seja resolvido. 

Valdemar explicou que, nos próximos dias, vai receber novos moradores em casa, entre eles, um bebê, e tem medo de que algum animal peçonhento acabe picando a criança. "Quando éramos só eu e minha esposa, já era perigoso, mas, com uma criança, os cuidados são maiores e precisamos de ajuda para resolver o problema", reforçou. A chefe da Vigilância Sanitária 

Daniela Cardoso Dias Becker esclareceu que, para esse tipo de fiscalização, é preciso que o morador vá até a Vigilância, anexa à Secretaria de Saúde, com o endereço e o nome do dono do terreno. A denúncia pode ser feita de forma anônima. Se o morador não souber o nome do proprietário, pode ir até a Prefeitura e pedir um espelho do terreno, para que o nome possa ser identificado.

Segundo Daniela, nesses casos, primeiro é feito contato com o dono do terreno, solicitando que a limpeza seja feita; se não resolver, é feita uma intimação com prazo de até 15 dias e, se a pessoa não se responsabilizar pela limpeza, pode receber multa de até R$ 1.060, podendo ser maior em caso de reincidência. Somente no primeiro semestre deste ano, a Vigilância registrou 98 denúncias relacionadas a limpeza de terrenos.


OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711