37 anos.png
37 anos.png
  
EDUCAÇÃO

Governo prorroga prazo para inscrição do Enem

Alunas de Curitibanos relatam dia a dia de preparação para prova

Por Dilmar Rodrigues


Sabrina remodelado sua rotina para preparação para as provas do Enem - Foto: Arquivo Pessoal/

Na tarde de hoje (22), o ministro da Educação, Abraham Weintraub anunciou pelo Twitter a prorrogação do prazo de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 para a próxima quarta-feira (27). Pelo calendário inicial, as data limite para os estudantes seria esta sexta-feia (22). Na última quarta-feira (20), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) anunciaram o adiamento de 30 a 60 dias da realização da prova, devido questionamentos judiciais por causa dos efeitos da pandemia da Covid-19, que levaram escolas a suspender as aulas presenciais.

Em Curitibanos, estudantes seguem com rotina de estudos e preparação para o processo. Precisando conciliar a nova rotina de isolamento social e os estudos, a aluna da EEB Casimiro de Abreu Sabrina Krieger Lohn diz ser complicado conciliar o ensino a distância e foco para o Enem. "São muitos trabalhos que tomam todo o tempo, mais que no período normal", diz, ainda, que a saúde mental acaba sendo afetada, pois há outras atividades a ser desenvolvidas. "Eu queria me preparar melhor para as provas, porém não estou conseguindo", relata a dificuldade.

A estudante do Colégio Maria Imaculada Bruna Bayer Tambosi conta que vem se preparando para o Enem através de curso on-line, mas está com dificuldades para estudar sem acompanhamento de professores. "A dificuldade é manter o foco durante as aulas e conseguir tirar um tempo para estudar on-line e, principalmente, não ter o suporte que temos nas aulas presenciais", lamenta Bruna, que avalia prejudicial este momento para quem não tem o suporte necessário para assistir aulas virtuais. Da mesma forma, Sabrina sente falta da presença do professor, pois acredita que isso resulta em prejuízo para o entendimento do conteúdo. "É importante, assim que retornar as aulas presenciais, termos conteúdo focado no Enem e demais vestibulares, pois nas aulas a distância da escola não está acontecendo", sugeriu. 


Bruna e sua rotina solitária de estudo - Foto arquivo pessoal

A professora de Língua Portuguesa Kátia Zílio explica que o Enem foi criado para garantir igualdade de oportunidades. "O que está em jogo hoje, durante uma crise de saúde pública é o acirramento das desigualdades", comenta a professora, que acredita que pela economia de papel é justificável a realização da prova on-line, mas questiona se há ferramentas suficientes para tal ação. Inicialmente, as provas aconteceriam na versão digital, em 22 e 29 de outubro, e na versão impressa, dias 1 e 8 de novembro. A inscrição pode ser feita através do www.enem.inep.gov.br. 

As novas datas das provas ainda não foram anunciadas. 

OculoseCia.gif
Conexão master site.png

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711