ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
barra números site.png
SAÚDE

Doação: o 'sim' que salva vidas

Setembro Verde conscientiza sobre importância das doações de órgãos

Tatiana Ramos


(Foto: HHAO / Divulgação) /

Preconceito e desinformação são os principais adversários de quem aguarda por um transplante de órgãos e, na luta para mudar essa realidade, estão instituições de saúde como o Hospital Hélio Anjos Ortiz. Durante o Setembro Verde, campanha que visa à conscientização sobre a importância das doações, a equipe reforça ações de informação, buscando, através do conhecimento, aumentar os números de captações.

Segundo a enfermeira Karin Cristina Denardi, da Comissão Hospitalar de Transplante (CHT) do HHAO, atualmente, as pessoas estão mais cientes dos procedimentos de captação e transplante de órgãos. Ela observa, em palestras a instituições, que o nível das perguntas elevou-se, demonstrando que há mais informação sobre o tema.

Além disso, os números   comprovam a maior aceitação quanto à doação de órgãos. Neste Setembro Verde, Santa Catarina, comemora que, em mais da metade das notificações para doação, de janeiro a julho, a resposta da família foi positiva, de acordo com dados do SC Transplantes. Foram 336 notificações de morte encefálica e 171 doações efetivadas no Estado. O número é ainda mais importante ao se analisar a fila de espera para transplantes, que somava quase 600 pessoas até julho.

Em Curitibanos, desde que o HHAO credenciou-se para captações de órgãos, em 2005, já foram realizadas dez captações de múltiplos órgãos e 165 córneas. Neste ano, já houve seis captações de córneas.


Confira a reportagem completa na edição impressa de hoje (27). Seja nosso assinante. 



OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711