37 anos.png
37 anos.png
  
VARIEDADES

Dia do Cabelereiro: Entre fórmulas e madeixas

Irmãos curitibanenses trabalham há quase 20 anos no ramo da beleza

Por Renata Westphal


(Foto: Renata Westphal)/

Com quase 20 anos de trajetória profissional, os irmãos Roselaine, Leonardo e Ricardo Garcia comemoram juntos esta terça-feira (3), marcada pelo Dia do Cabeleireiro, não apenas por fazerem da profi ssão o dia a dia do trio, mas por encontrarem no mercado dos cuidados capilares, a oportunidade de desenvolverem a própria marca de produtos de beleza. 

Quem deu o primeiro passo foi o irmão do meio, Leonardo que convidou Ricardo para fazer um curso de cabeleireiro. "Iniciamos vendendo produtos de salão de beleza para outras marcas, depois abrimos nosso próprio salão em Curitibanos, mas o Leonardo casou e se mudou para a Bahia e cada um continuou trabalhando com salão, eu em Curitibanos e ele lá", conta Ricardo. E foi assim, a distância, há cerca de cinco anos, que a marca de produtos para cabelos dos irmãos Garcia nasceu. "Com o Léo morando na Bahia surgiu a oportunidade de lançarmos nossa própria marca. Nós já auxiliávamos na avaliação e testagem de produtos dos fornecedores, mas percebemos que conseguiríamos e queríamos colocar nossa própria marca no mercado. Começamos com cinco produtos, entre tratamento, manutenção e alisamentos;  hoje temos um mix de 150 produtos, com destaque para as escovas progressivas e pretendemos lançar produtos para cuidados com a pele e maquiagens", conta Ricardo orgulhoso sobre a trajetória dos irmãos. 

A família Garcia foi além das  tesouras, escovas e secadores. O nascimento da marca aconteceu em uma ligação entre os irmãos, mas o nome da empresa surgiu depois de alguns dias de conversação. "Tínhamos algumas ideias, mas nada que nos agradasse tanto, até que pensamos como seria se o pai estivesse aqui. Escolhemos o nome a partir do apelido que ele era conhecido na família: Diggio, mesclamos com produtos, formando a marca Prodiggio", relembra Rose, que auxiliou os irmãos desde o início da trajetória  profissional no salão. Além da  inspiração para homenagear o pai José Luiz Riberio Garcia, os três irmãos, filhos de Maria Salete Garcia, também carregam  na genética a paixão e o dom em cuidar de cabelos, pois o avô Manuel José Garcia era barbeiro. 

(Foto: Renata Westphal)/

Empreendedorismo

Hoje, a marca tem espaço no mercado  de todo o Brasil, fazendo do atendimento ao público final um hobby e paixão que os irmãos mantêm. "Nós amamos estar em contato com o público e aumentar a autoestima de cada mulher que passa por aqui, essa é nossa maior gratificação do trabalho", destaca Rose. Entre os maiores desafios, Ricardo garante que foi inserir a marca no mercado. "Santo de casa não faz milagres, no início foi mais difícil as pessoas entenderem que a marca  veio para ficar e que os produtos são de qualidade, mas aos poucos fomos ficando cada vez mais conhecidos", relembra.

marca curitibanense, que é produzida na Bahia, já chegou a ser exportada inclusive para Espanha e Argentina, mas depende de processos burocráticos para que possa ser comercializada em outros países. Ao decorrer da evolução profissional, os irmãos ainda convidaram um sócio de Sergipe para que ele contribuísse e foi  assim que a equipe passou a contar com o quarto integrante: Jakson Reis. Unindo Nordeste e Sul do Brasil os irmãos Garcia demonstram que a harmonia entre sócios e familiares é a chave do sucesso para que o trabalho se torne não apenas uma fonte de renda, mas de alegria e amor pelo dia a dia, e que a busca por conhecimentos e tecnologia auxiliam na evolução de qualquer negócio.  


OculoseCia.gif
Conexão master site.png

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711