ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  

Currywurst, Velhos Camaradas e pássaro ao alvo: o que você não pode perder na Oktoberfest 2019 em Blumenau

Público pode ganhar um chopinho enquanto assiste aos desfiles, levar o próprio caneco à festa e pagar meia entrada com trajes típicos. Entre as brincadeiras estão chope em metro, serrador de tora, bocha e tiro com espingarda de pressão.

Por G1 SC

?

Serrador de tora é uma das brincadeiras e competição da Oktoberfest - Foto: Oktoberfest/Divulgação

Não são só as cervejas, as comidas típicas, e as músicas alemãs que dão o sabor e o tom da Oktoberfest de Blumenau, em Santa Catarina. A festa mais tradicional do Sul do país começa nesta quarta-feira (9) e oferece também ao público a possibilidade de brindes na multidão, de saborear doces, ouvir contos e conversas em alemão, além de brincar com bocha, bagatela e "pássaro ao alvo".

A Oktoberfest vai até 27 de outubro. Confira o que você não pode perder!

1. Participar das brincadeiras

Disputa do chope em metro é umas diversões da Oktober - Foto: Oktoberfest/Divulgação

Entre as brincadeiras gratuitas promovidas pela organização da Oktoberfest estão o chope em metro, equilibrista de chope e a prova do serrador, com inscrições um pouco antes das provas. A do chope em metro ocorre todas as noites, às 21h45, com exceção da primeira e última noite. O competidor precisa beber 600 ml sem babar ou derramar o chope. Quem beber mais rápido vence.

A prova do serrador de tora ocorre aos sábados às 21h30 e a do equilibrista de chope segunda e sexta às 21h e aos domingos, às 17h. As premiações aos vencedores são medalhas.

Já nos fundos do Setor 1 da Vila Germânica, o público encontra ao menos quatro brincadeiras organizadas pela associação dos clubes de caça e tiro do município: pássaro ao alvo, bocha 48, bagatela, a R$ 5, e tiro ao alvo, a R$7.

"O pássaro ao alvo é um passarinho de madeira com o bico. Aí você solta e conforme o local que ele parar, tem a pontuação. Pode soltar o pássaro cinco vezes e ganha prêmio, de acordo com a pontuação", explica Moacyr Flor, presidente da associação.


"Pássaro ao alvo" é uma das brincadeiras que pessoas de qualquer idade podem participar - Foto: Oktoberfest/ Divulgação

Tem ainda a bocha 48. Quem for jogar paga R$ 5 e tem direito a quatro bolas para tentar fazer 48 pontos. O estande de tiros com espingarda de ar comprimido dá direito a seis tiros a R$ 7.

Já a bagatela é outra opção e o folião pode fazer cinco tentativas. "É um tablado cheio de preguinhos e numeração, de acordo com a pontuação ganha o prêmio", detalha Moacyr.

O horário de funcionamento aos sábados é das 12h até as 1h da madrugada; aos domingos das 12h até a meia-noite; nas segundas-feiras das 18h até a meia-noite; de terça a sexta-feira das 20h até as 2h da manhã. As premiações são caneco para o 1º lugar, tirante (alça para pendurar o caneco no pescoço) para o 2º lugar, e medalha ao 3º colocado.


Tiro ao alvo é uma das opções mais procuradas pelos visitantes da Oktoberfest - Foto: Oktoberfest/ Divulgação

2. Comer currywurst, batata recheada e cuca

Entre os 200 pratos típicos espalhados pela festa está o Currywurst, uma linguiça temperada com curry e que é muito tradicional na Alemanha. Quem busca por algo mais convencional, a festa oferece uma variedade de batatas recheadas com os mais diversos sabores e preços.

As cervejas tradicionais também são destaque, pois Blumenau está em uma região que produz as melhores cervejas do Brasil, segundo a organização. É possível aproveitar e fazer um roteiro pela região.


Mapa do Vale da cerveja em Santa Catarina - Foto: Oktoberfest/Divulgação

Há ainda muitas opções de chopes dos estilos Lager Hell e Pale Lager, os mais especiais dos estilos Weizenbier, Pale Ale, Ipa e de coquetel de vinho. Uma das cervejarias ainda oferecerá chopes especiais nos estilos disponíveis serão Stark, Stout, Saison, Kölsch, Pale Ale e Dunkel e até hots de um destilado alemão.

Os doces também tem espaço na festa: chocolate, waffel, churros, sorvetes, picolé, bretzel, pretzel, tortas e diferentes tipos de cuca. Entre as opções das tradicionais cucas, o público pode experimentar cuca de farofa, de chocolate, de banana e até de linguiça Blumenau.

3. Desfile com direito a um chopinho

Desfiles contam com distribuição de bebidas - Foto: Oktoberfest/Divulgação

Os desfiles na Rua XV de Novembro e agora também na Vila Itoupava, além de muita animação, música e apresentações folclóricas, conta até com distribuição de cervejas e comidas típicas - de graça para o público. São 110 atrações em cada desfile. Cada grupo é responsável pelo seu desfile, segundo a organização da festa.

Além disso, há um carro da organização da festa que vai distribuir 20 caixas de cerveja em cada desfile. Ao todo, nos sete dias de desfile serão 140 caixas, ou seja, 1.680 latinhas para quem estiver na Rua XV de Novembro.

4. Cantar "Ein prosit" e claro, fazer o brinde

Todas as noites os grupos musicais cantam a música "Ein prosit" numa espécie de grande saudação com todo o público. São muitas vezes na mesma noite, pois cada grupo canta essa música pelo menos uma vez. Apesar das repetições, a organização afirma que ninguém reclama, porque o importante é confraternizar. Em todas as apresentações o público costuma levantar seu copo e brindar entre os amigos e os desconhecidos também.

5. Levar ou comprar o próprio caneco

Público pode comprar canecas e brindar com banda nas noites de Oktober - Foto: Oktoberfest/Divulgação

Caso o visitante não seja contemplado com uma das canecas como premiação das brincadeiras do clube de caça e tiro, pode comprar a própria caneca na festa. Além de uma opção mais ecológica do que os copos plásticos, há canecas de todos os tipos que ainda podem servir como uma lembrança da Oktoberfest.

Os canecos vendidos no local são de acrílico, alumínio, vidro, porcelana e madeira. A mais barata é R$ 6,90 e a mais cara, R$ 240. Outra opção é levar o caneco de casa: É permitido ao público entrar com canecos na festa, mas precisam estar vazios.

6. Assistir a apresentação dos velhos camaradas


Grupo Velhos Camaradas são atração à parte a Oktober - Foto: Oktoberfest/Divulgação

O grupo "Männerchor Liederkranz" é um dos mais tradicionais da Oktoberfest e além da noite abertura, se apresentam em diversos outros dias. Conhecidos também como "Velhos Camaradas", os 35 integrantes cantam, tocam, fazem sapateado, contam piadas e histórias, quase sempre em alemão. Cada apresentação conta com um momento diferente e divertido. Eles se apresentam nesta quarta (9) às 23h e nos dias 16, 19, 21, 23 e 27.

Os Velhos Camaradas - Foto: Angelina Wittmann/Divulgação

7. Dançar ao som de Chucrute Music, Banda Cavalinho e Vox 3

Ao menos 68 bandas nacionais, além de quatro internacionais, se apresentam e animam o público da Oktoberfest. As letras e músicas unem tradição, melodias próprias e algumas paródias, além de muitas sátiras muitas vezes. As bandas Cavalinho e Vox 3 são muito conhecidas pelo público, justamente pelas músicas divertidas e engraçadas.


Banda Vox3 é uma das atrações musicais que fazem o público dançar em Blumenau - Foto: Luciano Teodoro/Divulgação

8. Se vestir com trajes típicos e ter desconto na entrada

Quem quiser aproveitar e realizar uma verdadeira imersão na cultura alemã, pode se vestir com roupas típicas e pagar meia entrada para a festa, se seguir aos critérios. As roupas típicas femininas devem incluir acessórios, avental, blusa, vestido, meias e sapatos, e as masculinas, bermuda, suspensório, além dos calçados.

Quem não tem trajes de Fritz e Frida, mas faz questão de viver a experiência de usar roupas típicas pode comprar as roupas no Empório Vila Germânica, na própria festa. Os trajes completos femininos (saia, blusa, avental) variam de R$ 199 a R$ 799. Já os trajes masculinos completos (bermuda e camisa) variam de R$ 150 a R$ 539.


Trajes de Fritz e Frida garantem meia entrada na Oktoberfest - Foto: Markito/Santur

As entradas podem ser compradas no local ou no site oficial do evento. Nas segundas-feiras e no primeiro e último dia de festa a entrada é gratuita. Aos domingos, terças, quartas e quintas-feiras, o ingresso custa R$ 16. Às sextas e véspera de feriado, R$ 36. Nos sábados e feriado (12 de outubro), R$ 46. Aos sábados, domingos e feriados, a entrada é gratuita das 11h às 13h. Na véspera de feriado, das 11h às 18h. Às terças, quartas, quintas e sextas, exceto feriado, não há cobrança de ingresso das 11h às 18h.


OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711