37 anos.png
37 anos.png
  
VARIEDADES

Conexão com as plantas

Há 22 anos morando em Curitibanos, Rosane coleciona mais de 700 espécies de plantas em sua residência

Por Rubiane Lima


(Foto: Rubiane Lima) /

Desde suas primeiras memórias, Rosane Nilza Rosar Kubriack (Zazá), recorda do trabalho com a terra, o que ela garante que é seu elo de ligação com Deus.Há 22 anos morando em Curitibanos, a professora de Artes coleciona mais de 700 espécies de plantas, entre flores, árvores frutíferas, nativas, cactos e suculentas.

Dividindo a mesma paixão pelas plantas com o marido José Alcir Kubriack, ela aproveita todos os espaços disponíveis em sua casa e terreno, para abrigar suas mudas. Natural de São José do Cerrito, Rosane passou por momentos difíceis com problemas de saúde há mais de dois anos, vendo nas plantas, força para seguir em frente e terapia para preencher seu coração de esperança. "Tenho uma irmã que mora em Curitiba, onde eu fazia o tratamento, que tem empresa de mini jardim e com ela, meu amor pelas suculentas foi se transformando.

A cada visita, eu trazia algumas mudas e a paixão só foi aumentando", relata. A irmã Rosena Cecilia Rosar Corbellini tem duas filhas biólogas, Joana e Laura, que ensinaram muito do que Rosane sabe sobre o plantio. "Qualquer pessoa pode trabalhar com a terra, a Internet facilita muitas consultas, basta pesquisar. Gosto de me manter atualizada e aprender a cuidar desde o preparo da terra até ver a planta florescer", conta, ainda, com a satisfação transparecendo nos olhos marejados, que algo de que mais gosta é a expectativa pela abertura de uma flor, para analisar sua cor, textura e características.

(Foto: Rubiane Lima) /

Por muitos anos, Rosane trabalhou com decoração de ambientes e depois de cursar Pedagogia, fez uma pós-graduação em Artes e viu seu lado artístico ficar em permanente despertar. "Agora, me sinto fazendo um doutorado em plantas", brinca a professora. De todas as plantas vistas em sua residência, ela sabe o nome de cada espécie, suas características, do que mais gostam e onde vê espaço disponível, trata logo de preencher com alguma mudinha de espécie diferente. De suas mais de 700 plantas, ela destaca o amor pelos girassóis, suculentas e cactos. "Converso com todas elas, pois além de dedicação, é preciso muito amor para que as plantas floresçam sadias e bonitas", ensina.

Como os amigos e vizinhos já sabem do gosto da família pelas plantas, é comum que ela receba de presente novas espécies, o que garante ser um de seus presentes preferidos. Para conversar sobre o plantio e mostrar sua coleção, Rosane administra a Fanpage Quintal e Flores, onde os interessados podem entrar em contato e trocar informações sobre as plantas. "Trabalhar com a terra é uma terapia, algo que só tem a beneficiar a todos que dedicam um pouco do seu tempo para esta ação", aconselha a professora. 

(Foto: Rubiane Lima) /

(Foto: Rubiane Lima) /









OculoseCia.gif
Conexão master site.png

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711