Curitibanos,
35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

Casarão histórico será restaurado para abrigar museu da Oktoberfest, diz prefeitura de Blumenau

13 Junho 2018 09:45:00

MP chegou a entrar com ação na Justiça para evitar que imóvel desabe. Município ainda não sabe de onde virão recursos.

Por NSC TV

Em Blumenau, uma casa histórica que pertence à prefeitura está prestes a desabar. Há anos, o Ministério Público tenta evitar que o imóvel venha a baixo e entrou até com uma ação na Justiça para impedir que o imóvel desabe. Antes de qualquer desdobramento, a prefeitura resolveu transformar o espaço em museu para preservar a história da Oktoberfest.

A prefeitura ainda não sabe de onde virão os recursos para a restauração e estima um investimento de R$ 1,5 milhão.

A casa construída em 1940 abrigou os descendentes da primeira agroindústria da então colônia Blumenau. Apesar do valor histórico, a casa está abandonada.

"Representa muito de um período, de uma época e de um momento naquele espaço. É fundamental sua restauração", disse Darlan Schmitt, membro do Conselho Municipal de Patrimônio.

Um inquérito civil confirmou que há anos não é feita nenhuma manutenção no local. Como o imóvel pertence ao município, o Ministério Público entrou com uma ação na Justiça contra a prefeitura. O MP pediu que seja dado um prazo de 180 dias para a prefeitura restaurar a casa, sob pena de multa. A ação ainda não foi julgada.


Casarão abandonado será restaurado em Blumenau (Foto: reprodução NSC TV) 

O prefeito Mário Hildebrandt reconheceu que o município não deu a devida importância ao casarão histórico, mas independentemente de qual for a sentença, ele prometeu que a obra será executada.

"Foram anos de história de não recuperação, mas não ficamos omissos. Estamos buscando uma alternativa. E esta alternativa é transformar isso num museu, dando a condição para a população usufruir do contexto histórico dessa casa e a cidade também ter um espaço de contemplação da história da Oktober, que é referência para o Brasil e o mundo", afirmou Hildebrandt.

A prefeitura ainda não sabe de onde virão os recursos para a restauração. "Nós estamos dimensionando em R$ 1,5 milhão em investimento. Inicialmente, há um financiamento para o qual estamos buscando a autorização no Ministério do Turismo. Os documentos já foram encaminhados, agora esperamos que semana que vem tenhamos a validação desse financiamento", disse o prefeito.


Casa será museu da Oktoberfest (Foto: reprodução NSC TV) 

Depois da reforma, o município precisará ainda de recursos pra montar o museu. Para o presidente da Vila Germânica, não há melhor lugar para isso.

"Além de ser excepcional no aspecto de espaço pra ônibus, pra carros, ser de fácil acesso, vai trazer desenvolvimento pra região das Itoupavas, porque o turista indo pra lá aumenta em pelo menos um dia a permanência e hospedagem na cidade. E além disso ele está no eixo do museu dos Clubes de Caça e Tiro e tá no caminho da Vila Itoupava", declarou o secretário de turismo de Blumenau Ricardo Stodieck.

Enquanto isso não acontece, a gerente de evento Adenir Barbieri tem guardado muitas relíquias da festa. "Todos os anos a gente vai guardando e as pessoas também nos enviam para guardar até que o nosso tão sonhado museu venha a acontecer", afirmou Adenir.

"Com todo mundo empenhado em dois anos, no máximo com esse prazo, dá para trabalhar em restaurar, equipar e montar o museu", disse o secretário de turismo.


Casa corre risco de desabar (Foto: reprodução NSC TV) 

OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711