37 anos.png
37 anos.png
  
barra números site.png
ESTADO

Bônus Eficiente Celesc 2019 tem 2ª etapa com quase 5 mil equipamentos com desconto

Consumidores poderão comprar freezer, geladeira e ar-condicionado pela metade do preço. Para participar, é preciso ter o mesmo eletrodoméstico com mais de 5 anos de uso.

Por G1 SC


Eletrodomésticos do programa Bônus Eficiente - Foto: Celesc/Divulgação

Nesta segunda-feira (9), as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) lançam a segunda etapa do Bônus Eficiente, que permite comprar freezer, geladeira ou ar-condicionado com desconto de 50%. No total 4.999 equipamentos serão disponibilizados aos consumidores. Os produtos devem ser comprados nas lojas Colombo, que venceu a licitação para participar do programa.

Confira as regras abaixo. Mais informações podem ser obtidas no site da loja.

Quem pode participar?

Para participar do programa, é preciso:

- ser cliente residencial da Celesc

- estar em dia com a Celesc

- ter um eletrodoméstico do mesmo tipo pelo qual deseja trocar. O equipamento deve ter mais de cinco anos de uso e não ter o selo do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel)

- fazer uma doação de R$ 50, que irá para uma instituição beneficente

O que preciso levar?

No dia da compra, o cliente deve levar documentos pessoais e uma fatura de energia.

Quais eletrodomésticos estão disponíveis?

- 750 aparelhos de ar-condicionado Split de 9 mil BTUS

- 2,5 mil geladeiras de 1 porta com 300 litros

- 437 geladeiras de duas portas com 387 litros

- 437 geladeiras de duas portas com 405 litros

- 375 geladeiras de duas portas com 474 litros

- 500 freezers

Onde comprar?

Em uma das 43 lojas físicas da rede Colombo pelo estado ou pelo televendas com ligação gratuita 0800-642-4242.

Haverá troca de lâmpadas também nesta etapa?

Sim. Quando o eletrodoméstico for entregue na casa do cliente, ele deve entregar cinco lâmpadas incandescentes ou fluorescentes compactas, que serão trocadas por cinco de LED.

O investimento da Celesc no programa é de R$ 5 milhões. Na primeira etapa este ano, lançada em outubro, foram vendidos mais de 13,5 mil eletrodomésticos, o que esgotou os estoques, conforme o coordenador do projeto, Mario Cesar Machado Junior.

A primeira edição do projeto foi em 2013. Desde então, foram trocadas quase 110 mil geladeiras, freezers e aparelhos de ar-condicionado, além de 550 mil lâmpadas de LED. A Celesc estima que a economia de energia tenha chegado a 7 mil MWh/ano, o que é suficiente para abastecer 35 mil casas durante um mês.


OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711