Curitibanos,
35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

Audiência debate segurança na Leoberto Leal

13 Junho 2018 07:00:00

Crimes como furtos, roubos, homicídio e vandalismo preocupam a comunidade no local

Franciele Gasparini


EM DEBATE. Vandalismo está entre os temas propostos para a Audiência no Plenário (Foto: Arquivo / A Semana) /


Com o objetivo de pleitear mais segurança na Avenida Leoberto Leal, minimizar ações de depredação no prolongamento da via, aumentar a limpeza urbana e impor mais rigor para a expedição de alvarás a estabelecimentos comerciais no local, a Câmara de Vereadores de Curitibanos promove Audiência Pública para tratar o tema, nesta quarta-feira (13), às 19 horas, no plenário.

A iniciativa, idealizada pelo vereador Rafael Cardoso Valim, presidente da Comissão de Finanças e Orçamento do Legislativo curitibanense, surgiu a pedido da população que mora na extensão da via e de proprietários de estabelecimentos comerciais instalados na avenida. Segundo Valim, a ação busca soluções para melhorar a segurança no trecho, um dos principais acessos ao município.

De acordo com o vereador, a Audiência Pública estava sendo articulada há cerca de seis meses, em função do aumento no número de ocorrências criminosas, entre elas, homicídio em estabelecimento com consumo de álcool; agressão seguida de morte durante roubo a mercearia; inúmeros furtos em comércios e a transeuntes; vandalismo contra a vegetação e pontos de ônibus; acidentes de trânsito; estímulos à mendicância; consumo e tráfico de drogas; e prostituição.

"É um círculo vicioso da criminalidade", pontuou o vereador, salientando que cresceu na via e relembra da época em que era seguro transitar pelo trecho, ação que está comprometida atualmente, devido ao aumento da criminalidade.

Por isso, a Audiência Pública visa discutir soluções para esses problemas e buscar apoio de instituições e órgãos de segurança pública e do Executivo, na tentativa de reduzir esses índices, acabar com a sensação de impunidade e aumentar a segurança da população. "Uma das articulações que está sendo pleiteada junto ao Conseg é a implantação de duas câmeras de videomonitoramento no local", adiantou Valim.

Segundo o vereador, 15 instituições já se comprometeram em marcar presença na Audiência para o debate e convites foram entregues em mãos à população, a fim de que aproveite a oportunidade para discutir e buscar soluções aos impasses.




OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711