35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

Instituição de SC receberá doações do Criança Esperança

05 Agosto 2018 10:40:00

NSC TV


Anúncio foi feito essa semana pelo judoca Flávio Canto, que esteve na Combemtu, em Tubarão (Foto: Reprodução NSC TV)


O judoca Flávio Canto esteve em Santa Catarina para anunciar o apoio do Criança Esperança a uma associação que ajuda 322 crianças e adolescentes no Sul do estado. A Combemtu é uma das instituições escolhidas para receber doações do projeto. O atleta é um dos mobilizadores que está visitando as associações pelo país.

A Combemtu, Associação de Atendimento à Criança e Adolescente, em Tubarão, surgiu há 40 anos, numa época em a cidade mais precisava de esperança. Foi em 1974, ano de uma enchente que deixou quase 200 mortos na cidade. A população também precisava de apoio para se reerguer. E a instituição trouxe esse auxílio para quem não tinha condições. Hoje, a associação vive de doações.

O local dá oportunidade para as crianças e adolescentes através da educação, cultural e esporte, com aulas de capoeria, de dança e até de Boi de Mamão, que faz parte do folclore catarinense.

"São várias atividades que são distribuídas ao longo da semana. Geralmente eles participam de duas oficinais todos os dias", diz Janine Cristini Koenig de Lima, coordenadora Geral da Combemtu.

Um desses adolescentes que frequenta o projeto é o Rodrigo. A vida do judoca, de 17 anos, se transformou na instituição. "O judô me fez muito bem, eu quero dar aula aqui na Combemtu, é um sonho que eu tenho", conta.

Mas o que Rodrigo e os amigos não imaginavam é que num dia de normal de aula na Combemtu, iriam receber um visitante bem especial, um atleta que brilhou no esporte que eles escolheram, Flávio Canto. Uma experiência que eles dizem que vão levar para o resto de suas vidas.

"Ele te derrubar, tu não fica triste, tu fica feliz porque ele te derrubou. Foi muito massa, muito legal", disse Rodrigo.

Já Flávio Canto, que lutou com o aluno, fez só elogios a Rodrigo. " Tecnicamente completo, tanto na luta em pé quanto no chão. Tem muito futuro ele".

E finalizou: "Eu tenho certeza que o Criança Esperança tem essa força também de chegar numa instituição, mesmo nessa que é consolidada e fazer a diferença. Dar mais visibilidade. Trazer mais parceiros. Até inspirar pessoas a fazer projetos parecidos como esse aqui", concluiu.



OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711