35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

Salário mínimo fecha em R$ 954 para 2018

10 Janeiro 2018 09:08:00

O piso da hora trabalhada passou de R$ 4,26 para R$ 4,34

Tatiana Ramos


NOVO CÁLCULO. Valor do mínimo ficou abaixo do aprovado pelo Congresso. (FOTO: REPRODUÇÃO)

Quinze dias depois de o Congresso Nacional aprovar o salário mínimo de R$ 965 para 2018, o presidente Michel Temer assinou decreto, em 29 de dezembro, fixando o valor em R$ 954, um aumento real de R$ 17. O reajuste ficou abaixo do estimado porque a fórmula de correção leva em conta a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior, calculado pelo IBGE, e o resultado do PIB de dois anos antes. Como o resultado do PIB de 2016 foi negativo, o reajuste do salário mínimo foi calculado apenas pelo INPC, estimado pelo governo em 1,81%. 

A fórmula de reajuste do salário mínimo foi criada em 2012, no governo da então presidente Dilma Rousseff, e deve valer até 2019. Atualmente, cerca de 45 milhões de pessoas no Brasil recebem salário mínimo, entre aposentados e pensionistas, cujos benefícios são, ao menos em parte, pagos pelo governo federal. Para beneficiários do INSS que recebem aposentadorias e pensões acima do piso, porém, o reajuste anual será de 1,88%, a inflação estimada pelo governo. Com isso, o teto dos benefícios da Previdência passou de R$ 5.531,31, em 2017, para R$ 5.635,30, este ano.

Pelo novo valor, o salário mínimo diário aumentou de R$ 31,23 para R$ 31,80. Já o piso da hora trabalhada passou de R$ 4,26 para R$ 4,34.


HISTÓRICO


A correção de 1,81% no salário mínimo de 2018 é a menor aplicada desde 1995, primeiro ano após a criação do Real. Até então, o menor reajuste oficial havia ficava em 4,61%, quando o valor subiu de R$ 130, em 1998, para R$ 136, em 1999.

OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif

JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711