ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
VARIEDADES

Youtuber da estrada

Desde criança, Vanderlei acompanhava a família em viagens de caminhão

Rubiane Lima


(Foto: Arquivo Pessoal) /

Vídeos divertidos, amigos feitos na estrada e vida nova através da Internet fazem parte do dia a dia do curitibanense Vanderlei Leal, que, em menos de um ano, transformou-se em uma celebridade do mundo virtual, depois de começar a publicar vídeos falando do seu dia a dia, no seu canal do YouTube Blindado em Ação, acrescentando a sua carreira de caminhoneiro, a profissão de youtuber. Neste domingo (30), ele comemora o Dia do Caminhoneiro e o primeiro ano de seu canal na Internet.

Apelidado pelos amigos de "Urso Véio", Vanderlei publica seu dia a dia, trocas de informações com outros caminhoneiros e os lugares por onde passa. Aos 49 anos, conta que trabalhou por seis anos em viagens por todo o Mercosul e que, no Brasil, só não conhece Amapá e Roraima, já havendo passado por todos os outros estados do País.

Natural de Curitibanos, filho, neto e sobrinho de caminhoneiros, relata que cresceu nesse meio, seguindo pelo mesmo caminho. "Eu devia ter 3 anos quando fiz a primeira viagem com meu pai, uma realização para mim; dirigindo, tinha 23 anos e fui para Porto Alegre sozinho", lembra. 


(Foto: Arquivo Pessoal) /

Graças ao canal no YouTube, Vanderlei passou por diversas situações inusitadas, como a vez em que viu uma camionete ultrapassando pela contramão uma fila de caminhões que estavam parados, só para chegar até ele e o convidar para almoçar. Em outra passagem, lembra que foi acordado, durante a madrugada, pela Polícia Rodoviária, que pediu para que ele saísse do caminhão. "Eu nem tinha feito nada errado, mas já desci me explicando e eles, sérios, pedindo para eu sair do caminhão, mas era só para pedir uma foto e conversar sobre meus vídeos", recorda, entre risos.

A popularidade já o ajudou em outras situações, como a reforma em seu caminhão blindado, que foi o que deu início aos vídeos. Ele explica que se trata de um caminhão americano, diferente, que chama atenção onde chega. Após fazer um vídeo mostrando que o veículo estava parado porque precisava de conserto, as pessoas começaram a mandar dinheiro para que ele pudesse colocar o caminhão novamente na estrada. 

Hoje, Vanderlei explica que a brincadeira de fazer vídeos acabou tomando rumos profissionais, exigindo estudo de outros canais e troca de informações com outros youtubers. "Nunca me passou pela cabeça um dia me tornar youtuber, nem sabia como tudo isso funcionava, mas as coisas foram acontecendo e é legal ver o que fica para a posteridade. Um dia terei meus netos e eles vão poder ver os vídeos que o avô fazia na estrada", ressalta.

Sobre a profissão de caminhoneiro, acredita que há muito a ser melhorado, principalmente em questão de infraestrutura e segurança, que ficam devendo em diversos estados do Brasil. "Precisamos ser mais respeitados, além de melhorar nossa remuneração, pois ela é baixa pelo tamanho do compromisso", conclui, dizendo que, apesar disso, dia 30 é dia de comemoração. "Ser caminhoneiro é um estilo de vida e essencial para o país, o que nos dá orgulho de exercer algo tão especial", diz.

(Foto: Arquivo Pessoal) /



Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711