ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
TRAGÉDIA

Tempestades deixam mortos e causam falta de energia no sul dos Estados Unidos

15 Abril 2019 10:45:00

Quase 90 mil pessoas ficaram sem luz em vários estados no domingo e outras 134 mil casas e empresas ficaram sem energia no começo desta segunda. Cerca de 2,3 mil voos foram cancelados no país até a noite de domingo (14).

Por G1

Tempestades atingiram o sul dos Estados Unidos neste domingo (14) e deixaram pelo menos oito pessoas mortas e dúzias de feridos. Quatro pessoas morreram no Texas, incluindo duas crianças, segundo a agência de notícias Associated Press e a rede de televisão CNN. Duas morreram na Louisiana - uma delas um adolescente de 13 anos - , uma no Mississippi e uma no Alabama.

Ainda há risco de rajadas de vento de até 160km/h, tornados e chuva de granizo, do leste de Nova York até a Nova Inglaterra, segundo a Reuters. O Serviço Nacional de Meteorologia emitiu avisos de alerta de tornado para partes dos estados de Maryland, Nova York, Pensilvânia e Virgínia Ocidental.

Quase 90 mil pessoas ficaram sem eletricidade nos estados do Texas, Mississippi, Louisiana, Arkansas, e Geórgia até o meio-dia de domingo, segundo a AP, e mais de 134 mil casas e empresas ficaram sem energia no começo desta segunda (15) na Virgínia e na Pensilvânia, de acordo com a Reuters. Os estados da Carolina do Norte, Michigan, Maryland e Nova York também tiveram milhares de registros de falta de luz.

Tempestades no sul dos Estados Unidos deixaram pelo menos oito pessoas mortas e várias feridas neste domingo (14). - Foto: AP Photo/Jim Lytle 

Cerca de 2,3 mil voos foram cancelados no país até a noite de domingo (14). Mais de 90% deles estavam nos aeroportos de Chicago, Houston, Charlotte, Pittsburgh, Columbus e na costa leste, diz a Reuters.

Mortes e danos

No leste do Texas, duas crianças morreram em uma estrada quando um pinheiro caiu sobre o carro em que estavam, durante uma tempestade no sábado (13) perto de Pollok, a cerca de 241 km a sudeste de Dallas.

Perto dali, na cidade de Alto, pelo menos uma pessoa morreu e cerca de duas dúzias ficaram feridas depois que um suposto tornado atingiu um local histórico, o Caddo Mounds State Historic Site, diz a AP. As aulas na cidade - de cerca de 1,2 mil pessoas - foram canceladas até que a segurança dos prédios esteja garantida, segundo a agência.

Outra pessoa morreu na cidade de Weches, a cerca de 9,7km de Caddo Mounds. No sul do Texas, um tornado destruiu grande parte do lado sul da cidade de Franklin, 200km ao sul de Dallas, derrubando casas móveis e danificando outras residências.

O serviço meteorológico afirmou que as informações preliminares mostraram que um tornado, com ventos de 225,3km/h, atingiu o local, destruindo 55 casas, uma igreja, quatro empresas, um duplex e parte do prédio da autoridade habitacional local. Duas pessoas foram hospitalizadas por ferimentos, enquanto outras foram tratadas no local. Algumas outras tiveram que ser retiradas de casas danificadas.

Na Louisiana, duas mortes foram registradas por conta das enchentes. No Alabama, um possível tornado causou queda de energia e danificou casas móveis na cidade de Troy, cerca de 80km ao sul de Montgomery.

As chuvas e tempestades também atingiram o estado do Mississippi na noite de sábado (13). No nordeste do estado, um idoso de 95 anos morreu depois que uma árvore bateu em seu trailer. 19 moradores foram levados para hospitais, dois em estado crítico. Os 21 mil estudantes da universidade estadual tiveram que se amontoar nos porões e corredores quando um tornado se aproximou do campus, em Starkville.

No estado de Ohio, no meio-oeste americano, cerca de meia dúzia de casas foram danificadas e pelo menos seis pessoas foram levadas para um hospital com ferimentos relacionados à tempestade.

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711