35anos barrra.png
35anos barrra.png
  
LIVRE

Temperado com amor

29 Outubro 2018 11:54:00

Tia Rose, merendeira no Núcleo Municipal Getúlio Vargas, revela segredos da sua cozinha

Franciele Gasparini


Cuidado com a seleção e preparo dos alimentos é uma das prioridades da merendeira (Foto: Franciele Gasparini) /


Garantir uma alimentação saudável, limpa e nutritiva para centenas de crianças. Esse é um dos principais objetivos de profissionais que celebram, nesta terça-feira (30), o Dia da Merendeira Escolar. Em Curitibanos, quem comemora a data com um sorriso no rosto é Rosemeri Rosa da Silva Ferreira, 40 anos, merendeira do Núcleo Municipal Getúlio Vargas.

Companheirismo entre a equipe, paixão por cozinhar e respeito pelos alimentos são algumas das características consideradas fundamentais para o sucesso diário da merendeira Rosemeri, que conta com a colega comprometida, amiga e parceira para todas as horas Judite Kuaski Mayeski, 33 anos, que trabalha com a merenda da escola há dois anos e meio.

Natural de São José do Cerrito, mas curitibanenses desde 1995, Rosemeri veio a Curitibanos com o marido Antenor da Silva Ferreira e o filho Rodrigo Rosa e instalou-se no bairro Getúlio Vargas, onde reside atualmente. Em 2012, ingressou na equipe de limpeza do Núcleo e, sempre observando o trabalho das colegas na cozinha, tinha o desejo de tornar-se merendeira. No fim daquele ano, Tia Rose, como é conhecida no bairro, foi convidada e integrar a equipe da merenda e não parou mais. Trabalhou no CEI Irmã Irene, mas logo retornou para o Núcleo, de onde fez da cozinha sua segunda casa. "É como dizem: se você não ama o que faz, dificilmente seus planos darão certo. Sinto-me realizada neste trabalho que faço com amor todos os dias", afirmou a merendeira.


Com auxílio da colega, e amiga, Judite, tia Rose prepara os alimentos da merenda escolar (Foto: Franciele Gasparini) /


A rotina de Tia Rose e Judite inicia por volta das 7h20'. Ao chegar à escola, ela abre todas as salas vai até a cozinha, onde iniciam os preparativos dos alimentos do cardápio. Na segunda e na sexta-feira, o menu é doce, sendo que a preferência dos alunos é pelo arroz-doce; nos demais dias, o cardápio é salgado e o prato preferido é o tradicional feijão com arroz.

Segundo Rose, os alunos comem muita salada, principalmente de alface, mas, uma das receitas especiais e mais pedida na escola é a farofa de carne moída com legumes variados. Ela comentou que aproveita os alimentos da melhor maneira e cria receitas que não encham apenas o estômago, mas os olhos. "Se servirmos o alimento sem uma apresentação, dificilmente vai agradar, por isso, procuramos elaborar os pratos para que sejam nutritivos e saborosos. A farofa, por exemplo, é sempre surpresa, não tem um dia certo, mas é bastante pedida", destacou.

Para a merendeira, além de priorizar o cuidado com os alunos, as merendeiras também se preocupam em oferecer um alimento bem preparado para toda a equipe da escola. A união dos colaboradores, o apoio entre os colegas e a amizade são pontos fortes destacados por Rose como fundamentais para o sucesso em seu trabalho, assim como o respaldo da Secretaria Municipal de Educação. "Essa união faz o nosso trabalho ser ainda mais prazeroso. Por isso, sempre procuro deixar os problemas fora da escola e vir trabalhar com um sorriso no rosto", enfatizou.

De acordo com Rose, as merendeiras merecem o reconhecimento pelo seu trabalho, que envolve muito mais que apenas misturar ingredientes. Ela salientou que a merenda é temperada com amor e dedicação todos os dias e tem o zelo e o apreço de quem prepara os alimentos como se fosse em sua própria casa e para sua própria família. "Parabenizo todas os colegas de profissão pelo seu dia, especialmente minha amiga e parceira de cozinha Judite", finalizou tia Rose.




JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711