ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
SALA DE VISITAS

Paixão pelo futebol, família e trabalho

15 Abril 2019 09:52:00

Um dos maiores prazeres de Heronides da Silva é o futebol

Kalyane Alves


(Foto: Rubiane Lima)/

Mais conhecido como "Banana", o comerciante Heronides da Silva, 76 anos, é natural de Ibiam e, a maior parte de sua vida, trabalhou com balcão. Filho de João Bento da Silva e Ana Rayzer da Silva, teve uma infância de muitas moradas. Há 54 anos, é casado com Maria Lourdes da Silva e, com ela, teve seis filhos: Marco Antônio, Roberto Carlos, Edson Mauro, Eliane Terezinha, João Bento e Elaine Aparecida. Agora, ele tem 13 netos, seis bisnetos e uma bisneta a caminho.

Apaixonado pelo esporte, desde pequeno dedicou-se ao futebol. Hoje, um de seus maiores prazeres é acompanhar seu time do coração, o Corinthians. Além disso, ele uniu a paixão esportiva com o trabalho e, por muitas vezes, transmitiu os jogos em seu restaurante.

"A Semana" - Quais fatos marcaram sua infância?

Heronides da Silva - Aos 7 anos, fui morar em Campos Novos com amigos da minha família. Certa vez, foram nos visitar e a esposa do Alcides Gonçalves da Silva estava grávida e meus pais deixaram eu ir com eles para ajudar. Mais tarde, aos 12 anos, vim para Curitibanos com meus irmãos e aqui conheci o Mazzaropi e as Irmãs Galvão. Tempo depois, voltei para Ibiam com meus pais e, aos 17 anos, meu pai me arrumou uma bolsa de estudos em São Paulo, mas eu não quis ir e vim embora para cá com o Jacinto Peres, que era cunhado da minha irmã. Antes de ficar definitivamente em Curitibanos, morei, também, em Monte Carlo e Fraiburgo.

Confira a entrevista completa com Heronides da Silva em nossa edição impressa 1842. Seja nosso assinante



Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711