ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
LIVRE

O segredo é ter calma

01 Abril 2019 14:18:00

Maria Laudelina vai completar 100 anos e indica a calma como caminho para longevidade


(Foto: Rubiane Lima)/

"Hoje em dia, vocês não têm paciência para nada, estão sempre estressados e não param para as coisas realmente importantes. O segredo de tudo é ter calma". Assim, Maria Laudelina Antunes, que nesta quarta-feira (3), completa 100 anos, explica a fórmula de sua longevidade. 

Sentada em sua poltrona, Maria recebeu o Jornal "A Semana" dizendo, com voz forte, que gosta muito de conversar e receber visitas, mesmo que, às vezes, a memória centenária a traia. Natural de Campos Novos, Maria morou em Ponte Alta e, depois de casada, veio para Curitibanos, sempre trabalhando no campo com sua família. 

Ao lado de Euclides Alves dos Santos (in memoriam), ela teve 11 filhos, passando os dias zelando pela família, educação dos filhos, trabalho doméstico e demais afazeres diários. "Não era uma vida muito fácil, éramos em muitas pessoas e sempre tinha muita coisa para fazer, mas me orgulho muito da família que construímos e de tudo que pudemos realizar", garante. 

Ao lado do marido Euclides Alves dos Santos, ela teve 11 filhos.  (Arquivo Pessoal) 

Entre suas atividades preferidas, Maria recorda de quando aprendeu a costurar sozinha e dedicava parte de seu tempo ao trabalho com os tecidos, reformando roupas e costurando para os filhos. A paixão pela costura foi aliada ao amor pelo Carnaval e, durante anos, Maria participou da equipe de costura da Escola de Samba Jacaré da Serra, onde se divertia com o trabalho e seus amigos. Além da costura, ela conta que passava grande parte dos seus dias cuidando da horta e que adorava mexer na terra, plantar e ver o fruto do teu trabalho crescendo. Para a centenária, é um trabalho muito gratificante e que recomenda para todas as idades. 

Quando morou no interior de Curitibanos, Maria também trabalhou como professora, ensinando muitas crianças a ler e escrever. "O acesso a tudo era mais difícil, as coisas eram muito longe e a gente ajudava como podia ensinando as crianças", lembra. Hoje, Maria Laudelina passa os dias em casa, ao lado da filha Eunice Antunes Alves (Nice), que a auxilia em tudo que ela precisa. Quando sai de casa, adora passear pela cidade e observar mudanças que ocorreram ao longo do tempo. Além disso, recebe sempre a visita da família, composta por 11 filhos, 30 netos, 47 bisnetos e 10 tataranetos. 

Sempre que possi?vel, a fami?lia se reu?ne para comemorac?o?es e para estar ao lado de Maria (Arquivo Pessoal) 



Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711