Curitibanos,
35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

Inspiração para a vida

12 Maio 2018 07:00:00

Maribel serviu de inspiração para que as duas filhas seguissem seus passos na Educação

Rubiane Lima


Para Mayara, o amor de sua mãe sempre serviu de apoio para todos os momentos de sua vida/


Amor incondicional, sentimento de ver sua vida tendo continuidade e confiança de estar fazendo o seu melhor pelo futuro do planeta. Assim pode começar a ser descrita a história de Maribel Aparecida Tavares de Lima, que viu suas duas filhas Rejeane e Mayara de Lima, seguirem seus passos dentro da Educação e, neste domingo (13), vai comemorar ao lado delas e da neta Valentina, o Dia das Mães.

Seguindo o ditado de que "a fruta não cai longe do pé", Rejeane, de 26 anos, formou-se em Matemática, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), e hoje, atua como professora em Jaraguá do Sul. Já Mayara, é professora na Educação Infantil de São Cristóvão do Sul, área que acompanha desde os 7 anos, quando sua mãe começou a trabalhar em um centro de Educação Infantil. "Tenho um orgulho imenso da minha mãe. Ela começou trabalhando no setor de limpeza, mas voltou a estudar, formou-se e, hoje, atua no cargo de professora", relatou.


Maribel comemora que as duas filhas seguiram seus passos dentro da área da Educação/


Mayara lembra ter passado boa parte de sua infância acompanhando sua mãe no trabalho e do incentivo que ela sempre deu para que as filhas tivessem oportunidade de estudar e se profissionalizar. "Minha mãe foi muito presente na nossa vida e nossa maior inspiração. Sempre tivemos o exemplo dela dentro de casa e buscamos ser como ela sempre foi, tanto em casa, quanto na profissão", declarou.

Formada em Biologia, Mayara está na profissão desde 2013, quando fazia Magistério e começou a trabalhar como professora substituta. Ela recorda que, desde o início, foi o amor de sua mãe pela Educação que a fez trilhar esse caminho. Este ano, ela comemora o primeiro Dia das Mães com sua filha Valentina e destaca que, agora, entende melhor o amor incondicional que sua mãe dedicava a ela e sua irmã. "Eu sempre dizia para minha mãe que, quando eu tivesse um filho, queria ser para ele metade do que ela foi para mim, que já seria bastante coisa, pelo tanto que ela fez por nós. Agora, tenho a oportunidade de ser tudo isso para minha filha Valentina", disse.


Formada em Biologia, Mayara conta que sua principal inspiração sempre foi sua mãe/


Para Maribel, é motivo de grande orgulho ver que as duas filhas seguiram seus passos. "Foi o que sempre quis para mim, pois é uma profissão muito nobre", declarou. Quando criança, Maribel só pode estudar até a 4ª série, voltando para os bancos escolares somente aos 25 anos e já com as duas filhas nascidas. Ela lembra que seu sonho sempre foi ser professora, mas, com o passar dos anos e as obrigações da vida adulta, o desejo foi sendo esquecido. "Quando fui trabalhar no CEI, tudo reacendeu e voltei a batalhar pela realização do meu sonho", conta.

Depois de terminar o ensino regular no Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja), Maribel fez Magistério, faculdade de Pedagogia, Geografia e, hoje, é pós-graduada em Educação Especial. "Algumas pessoas não acreditaram que eu seria capaz, mas eu sempre acreditei e, hoje, é emocionante ver que minhas filhas seguiram pelo mesmo caminho dentro da Educação", concluiu.

Este ano, a família está se programando para passar o domingo das Mães com todos reunidos, encontros sempre comemorados pela troca de experiências e momentos de diversão e união entre os familiares e amigos.


Mayara, Valentina e Maribel 



JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711