ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
VARIEDADES

Anfitriã do Legislativo

Jania completou 25 anos de trabalho na Câmara de Vereadores

Tatiana Ramos


Há 25 anos, Jania é a zeladora da Câmara de Vereadores (Foto: Tatiana Ramos)/

Gentileza, um sorriso e um café. São esses os segredos para receber bem quem chega à sua casa e, há 25 anos, tem sido assim que Jania Fernandes de Oliveira, de 53 anos, recepciona quem chega à Câmara de Vereadores de Curitibanos. Em 1994, ela prestou concurso para a Câmara e, de lá para cá, fez da "casa do povo" também a sua casa, onde recebe a todos com simpatia e humildade.

Jania trabalhava como diarista quando surgiu a oportunidade de prestar concurso para zeladora do Poder Legislativo. Mesmo sem se preparar muito, foi aprovada entre 50 candidatos e, em 1 de abril de 1994, começou a trabalhar. "Cheguei à Câmara quando o presidente era o vereador João Formento. Foi ele quem me recebeu e explicou o que eu teria de fazer, orientando que eu sempre tratasse bem as pessoas", recorda.

Entre suas funções como zeladora, estavam fazer e servir o café, garantir a limpeza e auxiliar nas sessões, o que, para Jania, foi uma grande novidade, já que não tinha nenhum contato anterior com o Legislativo e não acompanhava as reuniões de votação. Hoje, ela avalia que foi a partir do trabalho que começou a se interessar mais pela vida política da cidade, tanto que acabou se filiando a um partido. "Muitas pessoas perguntam se eu vou me candidatar, mas não penso nisso. Realmente, aprendi bastante sobre o Legislativo, mas quero apenas acompanhar o que está sendo discutido para a cidade", afirma, lamentando que o número de pessoas acompanhando as sessões tenha diminuído nesses 25 anos.

Para Jania, trabalhar com alegria é o segredo do sucesso (Foto: Tatiana Ramos)/

Além de mudar sua própria visão sobre política, Jania avalia que o tempo mudou também a forma de fazer política em Curitibanos. Ela lembra que, há alguns anos, os embates eram mais radicais e havia mais discussões entre os vereadores. Atualmente, os ânimos estão mais calmos, o que costuma mudar apenas em períodos eleitorais, deixando a Câmara mais movimentada. "Percebo as pessoas vão mais à Câmara, querem falar com os vereadores para pedir remédios, consultas... Os vereadores também ficam mais agitados e tomam até mais café", brinca.

Para não se deixar afetar pela correria política, ela garante que tenta manter-se sempre calma e trabalhando com alegria, da forma como tem feito desde que iniciou sua trajetória no Legislativo e que, para ela, é o que garante o sucesso em qualquer profissão. Jania revela que, quando era mais jovem, tinha o sonho de ser professora, mas agora sente-se completamente realizada como zeladora e pretende continuar trabalhando na mesma função, sempre aperfeiçoando-se e melhorando sua forma de atender às pessoas. "Em 31 de março de 2024 estarei aposentada da Câmara, mas não quero parar de trabalhar. Com certeza, vou continuar trabalhando com cozinha e atendimento ao público, que é o que amo fazer", conclui.

Os 25 anos de serviços prestados à Câmara foram lembrados com homenagem (Foto: Divulgação) /


Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711