35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

À moda antiga

09 Junho 2018 07:33:00

Curitibanenses, juntos há oito anos, destacam sabores de quem desfruta de um namoro

Franciele Gasparini


Para Layne e Lucas, tolerância, amizade e respeito são os pilares de um relacionamento duradouro. (FOTO: FRANCIELE GASPARINI)

Um novo jeito de namorar à moda antiga. É assim que o casal curitibanense Layne Padilha Rodrigues e Lucas de Brito Fuck, ambos com 23 anos, celebra uma das datas mais românticas do ano, o Dia dos Namorados, comemorado nesta terça-feira (12) em todo o país. 

Ela bacharel em Serviço Social e ele analista de sistemas... Uma combinação diferente que deu certo. Os dois conheceram-se desde crianças e foi de uma inimizade da infância que surgiu o pontapé para um relacionamento sólido e de muito companheirismo entre os dois.

Conforme ela, o casal estudou junto na 8ª série, mas não tinham nenhuma ligação - com excessão de uma bolada que ele acertou em Layne, sem nem imaginar o que o futuro reservava. Lucas acabou se mudando para Caçador, perdeu o contato com Layne e retornou para Curitibanos em 2010, quando a encontrou no Parque do Capão com alguns amigos. Ele, então, adicionou-a na extinta rede social Orkut e logo começaram a sua amizade. "E era amizade mesmo. Éramos aqueles amigos de confiar segredos, inclusive de namoricos, mas o tempo foi passando e eu acabei me apaixonando por ele", afirmou Layne.

Casal celebrará mais um Dia dos Namorados, em oito anos de relacionamento. (FOTO: DIVULGAÇÃO)

Lucas lembra que não sabia dos sentimentos de Layne e continuou na amizade, apesar de ser recíproco o sentimento. Foi no dia 2 de junho de 2010 que Layne tomou coragem e revelou a paixão, que foi correspondida. Em 3 de julho de 2010, começaram a namorar oficialmente e mantêm até hoje caixinhas com lembranças, cartinhas e outros mimos que trocaram nesses anos de amor adolescente.

Apesar de terem iniciado um namoro ainda muito jovens, a expectativa da adolescência foi o tempero para o fortalecimento da amizade, compreensão e do companheirismo entre os dois. "Somos bastante diferentes um do outro e acredito que esse fator nos mantém ainda mais próximos.Tudo aconteceu no tempo certo, somos um casal jovem, mas que namora à moda antiga e isso, sem dúvida, é um diferencial para sermos tão unidos e pensarmos num futuro juntos", revelou Lucas.

Para o casal, tão importante quanto encontrar a metade da sua laranja é encontrar a si mesmo. Lucas comentou que, na tentativa de fazer dar certo, muitos casais acabam atropelando etapas importantes de um namoro, como se conhecer melhor, respeitar as particularidades e o espaço um do outro, além de ser tolerane e priorizar o respeito.

Segundo Layne, o relacionamento baseado nos valores, com a proximidade da família e vivido harmoniosamente e de forma equilibrada, é o segredo para durar. "Atualmente, o que vemos é que muitas pessoas saem de um relacionamento e já engatam em outro, sem realmente saber o que procuram, por carência, e acabam se frutrando. Por isso, é preciso ter paciência, a pessoa certa vai chegar", destacou Layne.

(FOTO: FRANCIELE GASPARINI)

No Brasil

No Brasil, a data está relacionada ao frei português Fernando de Bulhões, popularmente conhecido como Santo Antônio. Em suas pregações religiosas, o frei sempre destacava a importância do amor e do casamento. Em função de suas mensagens, depois de ser canonizado, ganhou a fama de "santo casamenteiro". Por isso, a escolha da data que antecede o Dia de Santo Antônio, celebrado nesta quarta-feira (13). Assim como em diversos países do mundo, no Brasil, também é tradição a troca de presentes e cartões entre os casais de namorados.

JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711