Curitibanos,
35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

Quando o 'de repente' ataca

09 Fevereiro 2018 09:20:00

De repente, o inesperado acontece e você não está nenhum pouco preparado

Kalyane Alves


(Foto: Divulgação)/


De repente as coisas mudam. Aquele senhor que lhe dava bom dia, todos os dias, na mesma esquina, no mesmo lugar, não está mais lá. O café já não é a bebida favorita do seu cardápio. O mundo não está mais ao seu alcance, o vendaval chega e passa sem deixar rastro algum das coisas que estavam ali.  

De repente o sono passa a noite e o tico e teco não param de trabalhar. Certo dia, li um texto sobre a pressão que é feita a cada pessoa para escolher, respirar, decidir, ir embora, ficar, viajar ou nada fazer. De repente, o que acontece rapidamente lhe dá novas opções, o que ora aborrece, ora se vê uma luz no fim do túnel.

Tenho dó é das letras que são parte do meu refúgio. Meu grande psicólogo é o bom lápis e papel. Assim, transcrevo e transformo todos os sentimentos dentro de uma folha em branco. Que quem sabe, mais tarde, decido guarda-las em meu coração, ou apenas queimá-las, para delas, nada deixar em mim.

Onde é seu refúgio? Quem é sua cidadela? Você está preparado para as adversidades do tempo? Não digo o tempo cronológico, daquele que sabemos exatamente o que fazer, onde ir, ou em qual horário. Falo do tempo Kairós, o popularmente conhecido como "tempo de Deus". Até quando seu coração vai bater? Ou, até quando você vai ficar fazendo aquilo que não gosta para satisfazer aos outros?

Tudo tem uma dose. Não podemos chegar ao ponto de ofender o outro por quem decidimos ser, mas em contrapartida não devemos deixar de ser aquilo que somos por alguém não gostar disso. Tá vendo como é difícil? É um bando de regras que impõem em nossa mente, e acham que devemos cumprir, sem hesitar.

De repente tudo fica escuro/claro, pense como quiser, e o tempo cronológico acabou. Foi como um passe de mágica e você nem sabe como isso aconteceu. Aquele saudoso "bom dia", aos amigos não é mais possível, suas comidas favoritas talvez não existam no lugar em que você está, mas sua insistência em querer mandar no mundo ainda está arquivada no mais íntimo de sua alma.

De repente essa é minha personalidade hoje, mas amanhã não. De repente, escolho essa profissão e semana que vem não. De repente, o seu tempo não é o mesmo que o meu. De repente, não existe idade certa para cada fase da vida determinada pela sociedade. De repente, o inesperado acontece e você não está nenhum pouco preparado.


JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711