Curitibanos,
35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

O relógio não parou mais

09 Março 2018 10:54:00

Tudo isso é reflexo do que fizemos ontem

Kalyane Alves


(Foto: Divulgação)

Gravidez na adolescência, doenças graves em crianças e jovens... Você já percebeu que algumas coisas estão indo rápido demais? Parece que o mundo virou do avesso, mas na verdade fomos nós que nos precipitamos em algumas coisas e nos atrasamos em outras. O ser humano se julga tão inteligente por comandar a Terra, porém, esquece de suas artimanhas e cai nas próprias armadilhas.

Viemos de um tempo em que as pessoas diziam que as horas não passavam, parecia que o dia não acabava nunca. E, agora, o relógio, pobre coitado, não consegue nem administrar a si mesmo para distribuir os ponteiros a todo mundo. O pai não tem tempo para o filho, a mãe tem que trabalhar o dia inteiro para sustentar a casa, o filho fica na internet 24 horas... Tudo isso é reflexo do que fizemos ontem. É um caos total sair nas ruas e observar as pessoas, parecem robôs programados em acordar, trabalhar, comer, dormir. Um ciclo incessante, que destrói a alma e envenena o coração.

Mas voltando ao pobre relógio, nos espantamos diariamente com os noticiários. Coisas que nem no íntimo da nossa mente imaginávamos, acontece, e, bem na nossa frente. Acho um absurdo milhares de pessoas morrerem por luxo de outros que querem um pedaço de terra. Acorda mundo, nada é seu, apenas seu conhecimento. Que, pelo visto, está muito bem escondido.

Dá até medo de pensar no que o futuro nos reserva ou reserva para nossos filhos. Foram tantos avanços, mas nas pessoas, que é bom, só a ganancia evoluiu. Talvez, a chave da resposta que precisamos para confortar quando o desespero aparece, esteja bem em nosso nariz. Enquanto não a encontramos, ao menos, vamos tratar melhor uns aos outros.

Esses dias vi um vídeo, do Marcos Piangers, que falava exatamente isso: "A morte não é uma tragédia, tragédia é quando a gente não viveu". Ao ouvir isso, meu coração disparou e pensei "será que estou aproveitando tudo?". Nosso maior legado, nesse mundo, é mostrar o quão bom foi ter passado por aqui.


JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711