35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

Em briga de marido e mulher...

04 Agosto 2018 09:56:00

Tatiana Ramos


"Em briga de marido e mulher, ninguém mete a colher". O ditado é bem conhecido e, durante muito tempo, foi levado ao pé da letra no Brasil. As coisas começaram a mudar com a criação da Lei Maria da Penha, que completa 12 anos nesta terça-feira (7) e trouxe, para muitas mulheres, um alento e uma oportunidade de encerrar um ciclo de violências em casa.

No entanto, mesmo após mais de uma década da Lei Maria da Penha, o principal inimigo continua sendo o silêncio.

Primeiro, o silêncio de quem sofre. Apesar das punições previstas em lei para agressores, muitas mulheres ainda convivem com uma rotina de violência impune. Sem forças ou orientação para livrar-se das surras, ameaças e constrangimentos, muitas vítimas calam-se, conformadas com sua realidade. Depois, o silêncio de quem observa. Muitas vezes com olhar de crítica e preconceito, familiares, amigos, vizinhos fingem não perceber o que acontece e, reforçando o ditado popular, "não metem a colher", deixando as vítimas à própria sorte, perdidas em um relacionamento abusivo do qual já se tornaram reféns.

Vítimas são sempre vítimas e questionar por que as mulheres aceitam essa condição, não denunciam ou não reagem em nada vai ajudar. Cada uma, com certeza, tem seus motivos para submeter-se a uma vida com a qual ninguém sonhou. Algumas, por dependência financeira; outras, pela falta de suporte; muitas, pelo receio do julgamento. Em uma sociedade que costuma confundir vítimas e vilões e que constantemente inverte esses papéis, revelar sua situação pode ser constrangedor a ponto de imobilizar as vítimas.

As delegacias especializadas em crimes contra as mulheres estão à disposição, com profissionais capacitados para auxiliar vítimas de violência. Mas é preciso que as denúncias cheguem até eles.

Quando as mulheres agredidas são caladas pela mordaça do medo, da vergonha e do conformismo, alguém precisa falar por elas.

Por que tanta revolta quando vemos um episódio de violência na TV se fechamos os olhos para o que acontece perto de nós?


JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711