35anos barrra.png
35anos barrra.png
  
CarlosHomem.jpg

Formação humanista

18 Março 2018 10:23:00


Não sei bem se é uma visão caolha minha. Mas tenho a nítida impressão de que os estudantes universitários de hoje ainda vivem como adolescentes. Tem alguma coisa fora dos eixos acontecendo nas escolas privadas. Não preparam o aluno para ser adulto.

Escola nenhuma quer saber de dar ao estudante uma formação humanista. A preocupação é com o faturamento. O lugar ocupado pela escola nos exames do Enem ou de alguns vestibulares é que conta ponto. É o motivo de publicidade, de outdoors, de muita divulgação.

Isso é chamarisco para mais alunos, maior faturamento e renda. E os pais participam dessa forma de ensino conteudista. Uma considerável parcela da nossa sociedade ainda tem a crença de que o sucesso dos seus filhos no futuro depende desse tipo de ensino.

Penso aqui na minha limitada interpretação, de que nada adianta termos profissionais com excelente capacidade técnica, mas com deficiente formação humanista. Pois, sendo assim, é evidente que eles não saberão colaborar para que o mundo melhore. Por quê? Por que a vida é vivida sempre em sociedade.  

Não podemos esquecer-nos disso. Mas, que espécie de formação humanista uma escola pode oferecer aos seus alunos? Elementar. Ensinar a exercitar a tolerância, a ter sensibilidade para perceber como suas atitudes podem afetar o colega, a ser respeitoso com as pessoas diferentes daquelas com quem estão acostumados a conviver, a ter compaixão, a ser solidário, entre um monte de outras coisas. Entristeço-me quando observo entre jovens estudantes um clima de isolamento, de individualismo, de egocentrismo.

Não podemos querer para os nossos filhos só o sucesso financeiro e prestígio social. É preciso que eles melhorem este mundo de isolacionismo humano, cada dia mais acentuado.


JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711