35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

Sob Pressão

06 Agosto 2018 10:13:00

Sulisia Westphal

É assim que muitas pessoas vêm se identificando... Sob pressão de quê? Por quê? Para quê? 

Tenho percebido um grande grupo de pessoas com diferentes idades, em diferentes horários demonstrando uma aceleração acima da média no corre-corre diário. Ou seja, apresentam sintomas de alguém que vive sob pressão diária. Tenho analisado as razões predominantes favorecedoras de tal quadro em nossas famílias... Redes sociais, trânsito, locomoção, finanças, cursos, atividades além da Escola, compromissos dos pais, dos filhos...

Já parou para pensar se este quadro também se instalou ao seu redor?

Duas situações recentes ampliaram essa reflexão: Uma pessoa utilizando um celular "das antigas" apenas para receber e fazer chamadas, o que proclamou em bom tom que é o suficiente. E outra, que saiu de seus dois grupos de whats, nos quais fora incluído sem ser consultado, e, argumentando ser completamente contra o que ali é "conversado".

Enredados

Percebo que muitas pessoas estão completamente enredadas nas tais "redes sociais". Sou uma delas. Vivo sob pressão diária. Fico relembrando como era a vida antes delas e agora. Simplesmente não conseguimos dar conta. Tornou-se impossível viver sem quando estamos profissionalmente ativos. No trabalho tem sido o canal de comunicação. Tenho feito um esforço para não contar de quantos grupos faço parte... É de arrepiar quando ouvimos alguém dizer: Criamos um grupo e "vamos nos falando"... Em minutos já estamos conectados em mais um.

Tempo disponível

É perceptível através dos horários das postagens quem administra melhor seu tempo ou tem realmente mais tempo para "navegar". Àqueles que conseguem discutir em grupo, parabenizar, elogiar, criticar, satirizar...

Ética

Por esta questão muitas vezes permanecemos integrantes silenciosos. Eventualmente nos pronunciamos, sem retornos... Contamos até mil para sair. Mas o preço é ficar descontextualizado.

Cobrança

Pressão em dobro acontece quando alguém diz presencialmente... Mas eu publiquei o link... Vocês não viram? Silêncio...

Despressurize

Postando apenas conteúdos relevantes conforme o perfil do grupo ou das pessoas. Para algumas o "Bom dia e Boa noite" são muito importantes. Para outras completamente dispensáveis. Para os familiares nem sempre os eventos de uns cabem aos outros... Sabedoria, critérios, quantidade e qualidade.

Pare! Analise suas redes de pertença e decida qual o tempo que continuará investindo. Pois bem ao seu lado existe alguém querendo pagar pelo seu tempo de afeto, de carinho, de escuta, de diálogo, de troca de olhares... De valorização, de elogios, de abraços...

Alerta: E quando vivemos momentos de tensão e/ou de emoção esquecemos completamente de clicar os maiores momentos. Ainda bem que podemos armazená-los no coração.


(Foto: Sulisia Westphal)

Com emoção, a foto é da colação de minha sobrinha e afilhada "Jornalista" Renata Westphal. Parabéns!

Sob Pressão porque pelo trânsito/mobilidade urbana, quase não chegamos a tempo de participar. Um estresse pelo horário e dia da semana. Sexta-feira, 18 horas, Blumenau, Teatro Carlos Gomes.


JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711