Curitibanos,
35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

Reabastecendo as Emoções

16 Julho 2018 09:01:00





Para muitos o recesso escolar de julho pode ser a oportunidade de reorganizar as emoções com ou sem a presença dos estudantes. Pois de um lado eles não estando na Escola estarão junto aos familiares, o que significa tempo para qualificar as relações.

Pós-Copa

Com o final da Copa da Rússia é inegável dizer que continuamos como torcedores impregnados das muitas emoções compartilhadas no país maior do mundo.

Caverna

Paralelamente o resgate solidário na Tailândia, dos "Meninos da Caverna" que sensibilizou o mundo, permanece suscitando reflexões, bem como algumas críticas. Para alguns foi uma ideia sem cabimento, sem medir os perigos, as consequências. Para outros, que acompanharam a história foi a falta de sorte por terem sido surpreendidos por um acontecimento desafiador que exigiu um controle sobrenatural de um grupo fragilizado, resultando em vários dias encurralado, sem perspectivas. No entanto, conseguiu apresentar um controle emocional capaz de fortalecê-los e conseguirem sobreviver.

Os Pais

No momento do resgate soube-se que os pais dos meninos permaneciam acampados na entrada da caverna e as autoridades não divulgavam quem já fora liberto. Não davam a informação para que uns se alegrassem e outros continuassem sofrendo. Assim, uns oravam pelos outros e, ao mesmo tempo, respeitavam o limite e o esforço que vinha sendo feito para salvá-los. Um exemplo inesquecível de gratidão e respeito.




Os filhos

Você saberia identificar em que caverna encontra-se aprisionada (o)? Qual a sua perspectiva de conseguir sair?

As crianças/filhos da Tailândia nos deixam muitas lições. "Não importa quão escura, úmida, inundada e estreita esteja a caverna. Quando a nossa mente e coração estão alinhados com um só propósito, o de sair da caverna. A mente tranquila, aquecida pela gratidão de estar vivo, transborda amor, e permite o coração bombear o sangue normalmente".

Dias Felizes

Podem acontecer se você permitir seu desacelerar e organizar seu tempo de maneira que aproveite o convívio em família com menos celular e mais olhares, mais ouvir e abraçar, cultivando o amor. Momento de destacar o "ouro" de cada um respeitando suas peculiaridades e demonstrando gratidão. Um verdadeiro reabastecimento das emoções em família.


JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711