ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  

Olhar-se no Espelho

31 Dezembro 2018 03:40:00


(FOTO: DIVULGAÇÃO)

Último dia do ano... É Ano Novo! Chega 2019 tão esperado... Aí está!  

Com ele, planos, combinados, reuniões, traslados, gastronomia, bebidas, luzes, decorações, alegria de uns, tristezas de outros. Expectativas renovadas, desejos, metas, gratidão, união e abraços em algumas famílias, separações, distâncias e perdas em outras... Fé, esperança, torcida por e para uma vida melhor.

Pois em meio a detalhes de cores, de fogos de artifícios que se repetem anualmente estão as pessoas. Estão as famílias, os amigos... Está você, estou eu.

Retrospectivas viram manchetes... Espelhos se ampliam ao nosso redor. Entre eles o retrovisor.

Quando você se olha no espelho, o que vê? Quando olhou-se pela última vez, o que viu?

Pergunta que venho fazendo em vários segmentos. Nas respostas predomina o que não está bom: o peso acima do desejado, àquela mancha... O cabelo desajeitado... A olheira... A sobrancelha... O que responde o quanto somos limitados quanto a autopercepção, à percepção do que é bom, do que está bem... Do que merece seus parabéns para você mesmo...

Sempre que um ano está para terminar costumo buscar e listar gratidão para minhas características positivas e empoderamento para prosseguir melhorando no que já está detectado a melhorar.

Assim, como me autopercebo e os outros me percebem, uma pessoa entusiasmada, porém, sempre em movimento, acelerada, correndo além do necessário, telefonemas interrompidos abruptamente sem oportunizar "o ouvir do outro lado". Procurei presentear-me com um símbolo que me auxiliasse a melhorar... Escolhi entre a infinidade de bichos de pelúcia um bicho Preguiça. Espero que continue dependurado nos ambientes em que costumo transitar, alertando-me para "menos aceleração", "menos ansiedade", um pouco mais de lentidão, de preguiça... Mais tempo para a qualidade pessoal de vida, que com certeza repercutirá entre todos ao redor.

Para você, a torcida por estratégias que permitam um encaixe adequado neste mundo atual, tão acelerado, e de certa " tão pressionando", exigindo-nos seres perfeitos em todas as áreas. No entanto, cada vez mais carentes de oportunidades onde uns possam se importar, ver e ouvir a si mesmos e aos outros. Onde o amor possa continuar tendo espaço, vez e voz.

A síndrome do espelho é frequente. Segundo a psicóloga e psicoterapeuta Janaína Guerreiro, a síndrome do espelho tem a ver com o comportamento das pessoas. "A repercussão do que o nosso reflexo nos revela sobre nosso físico quando nos olhamos no espelho pode afetar a nossa maneira de nos relacionarmos com os demais e também com nós mesmos. Do hábito de nos olharmos e nos analisarmos diante do espelho pode surgir a necessidade de aprendermos a conviver com o corpo que temos e a analisar nossos complexos e defeitos, antes de procurá-los nos outros." : A mente é maravilhosa.

Quando você se vê no espelho, o que vê? O que busca ver, encontrar...

"Esforce-se em conquistar aquilo que você acha que não consegue, pois é no caminho em direção ao sonho impossível que você encontrará o que realmente busca.

Feliz encontros em 2019.


logo as5.png

JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711