35anos barrra.png
35anos barrra.png
  
CONEXÃO

Festival Paralímpico

24 Setembro 2018 11:24:00

21 de Setembro, ainda faz recordar às inesquecíveis comemorações ao "Dia da Árvore". Era um dia significativo para reverenciá-la com todos os benefícios que é capaz de propiciar. Ainda trago arquivado parcialmente na memória da infância a letra da música que toda a Escola ensaiava para cantar em seu dia. Na Internet encontrei o nome do autor, Arnaldo Barreto e a letra na íntegra: "Cavemos a terra, plantemos nossa árvore, que amiga e bondosa ela aqui nos será! Um dia, ao voltarmos pedindo-lhe abrigo, ou flores, ou frutos, ou sombra dará! O céu generoso nos regue esta planta; o Sol de dezembro lhe dê seu calor; a terra, que é boa, lhe firme as raízes e tenham as folhas frescuras e verdor! Plantemos nossa árvore, que a árvore amiga, seus ramos frondosos aqui abrirá. Um dia, ao voltarmos, em busca de flores, com as flores, bons frutos e sombra dará. O céu generoso nos regue esta planta; o Sol de dezembro lhe dê seu calor; a terra, que é boa, lhe firme as raízes e tenham as folhas frescuras e verdor!"Em 2018, pude acompanhar uma professora levando seus estudantes a contemplar a importância das árvores em sua Escola. Pare e pense: Quais escolas ainda oferecem um ambiente arborizado, para as crianças com "Déficit de Natureza" poderem subir, escalar, descer, se dependurar e perceber a importância que elas oferecem em sua vida.

(Foto: Sulisia Westphal) 


CONEXÃO com FESTIVAL PARALÍMPICO?

Atualmente a mesma data está sendo mais reverenciada como Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. Pretende desfocar suas limitações e enfocar suas habilidades, suas potencialidades, seus direitos.

Assim, dentro de uma "Educação para todos", tive a oportunidade em participar de dois eventos promovidos para fomentar atividades esportivas paralímpicas, por entender esta prática como melhoria da qualidade de vida da criança e jovem com deficiência.

No primeiro evento: Festival Escolar Paradesportivo, propiciado pela AFLODEF - Associação Florianopolitana de Deficientes Físicos, oportunidade de reunir várias crianças e jovens com diferentes comprometimentos físicos e motor, para conhecer e perceber sua capacidade e possibilidades na prática de esportes adaptados. No segundo, Dia Paralímpico Escolar, oferecido para os estudantes com deficiência entre 10 e 16 anos. Os quais podiam convidar seus colegas da Escola, sem deficiência. Foi promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro. O destaque foi para a participação efetiva dos convidados sem e com a deficiência, conhecendo as modalidades Bocha, Goalball e atletismo. Muitos colegas já conseguem dizer sim e obtém a permissão dos pais para participar. E já se autoconvidaram para os próximos encontros. 

Ambos foram eventos inovadores, dinâmicos e motivadores. Os pais, professores e voluntários universitários puderam fazer parte, e, assim conhecer e aprender durante as atividades: Um verdadeiro agregar de potencialidades.

Ter a consciência da importância de plantar e cultivar árvores pode ser perfeitamente conectado à importância de ampliar o olhar sobre o outro. Expandir seu acreditar no potencial que pode estar ali esperando pela sua contribuição. 


JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711