Curitibanos,
35anos barrra.png
35anos barrra.png
  

Amizades Valiosas

23 Abril 2018 10:20:00

Sulisia Westphal


(Fotos: Mariá Lisboa Diotallévy Román )

Mais uma vez fiquei emocionada diante da grandeza de "amizades duradouras". Refiro-me a um grupo de dez a doze amigas que se conhecem desde a infância. Hoje, estão graduadas exercendo diferentes profissões e que continuam se articulando, promovendo encontros com frequência. Destes encontros, da confiança estabelecida, das habilidades cada vez mais conhecidas, os vínculos se fortalecem a cada programação. Os sentimentos construídos são de uma criatividade surpreendente: carinho, dedicação, tempo disponível, conexões, delegações de funções, lideranças nas diferentes áreas, que se complementam. 

Antes

Sempre comentava que nunca conhecera uma pessoa como minha mãe, que aos 84 anos, mantém contato com amigas do tempo do primário/anos iniciais. A alegria entre elas, os bordados, as recordações, a gastronomia em comum, as músicas, as fotos em preto e branco, as histórias que ainda causam muitos risos, perpetuam gerações. Não havia telefone, TV, tecnologias quando tudo iniciou. Mas, o WhatsApp é um meio de estarem próximas, encurtando distâncias.

Depois, acompanhei meu filho, que conserva amizade com dois amigos desde o berçário, e com outros desde a infância, e que serão também os padrinhos do seu casamento. Quase trinta anos de convívio.

Agora


(Fotos: Mariá Lisboa Diotallévy Román )

Neste final de semana, acompanhei um inesquecível "Chá de Noiva" preparado pelo grupo das madrinhas do casamento. Entre elas, as famosas "amigas desde a infância", o que inclui também algumas primas e as cunhadas. É chegado o momento em que a primeira delas vai casar. Assim, já se organizaram para duas viagens de despedida de solteira. Em uma delas prepararam até um kit personalizado para o evento.

Também foi emocionante ver as crianças crescidas que conhecia do tempo de colégio, transformadas em advogadas, arquitetas, psicólogas, atuantes no mercado de trabalho.

Para este evento formaram o Grupo das Madrinhas no Whats para a troca incessante de ideias incríveis que resultou em um evento elegantíssimo e de bom tom. Nada de brincadeiras depreciativas, que somos acostumadas a vivenciar.

Acolhida


(Fotos: Mariá Lisboa Diotallévy Román )

Foi relevante o encontro destas mulheres que também puderam estreitar seus relacionamentos para o grande dia que se aproxima. Como registrou a mãe da Noiva: "Sem palavras para agradecer todo o carinho, capricho e atenção de vocês pela nossa Filha, que estava radiante de alegria e muito grata pelos esforços em tornar tudo tão perfeito. Tudo de bom gosto, farto e requintado. Só ouvimos elogios. Que Deus abençoe cada uma e faça esta linda amizade perdurar até todas estarem bem velhinhas (vão ser lindas e chiques senhorinhas).

Desafios 

a)Havia uma folha personalizada em cada lugar à mesa com a proposta: Tente adivinhar o vestido da noiva no grande dia! O desenho que mais se aproximar leva um prêmio surpresa. b)Escrever uma situação para a noiva adivinhar com quem vivenciou o referido momento... Foi bastante divertido conhecer características envolvidas. c)Por último, um vídeo do noivo fazendo perguntas. Ela respondia, ou pelo menos tentava... Em seguida, era revelada a resposta do noivo. Como já têm um relacionamento de muitos anos, errou apenas uma. Ou seja, tiveram bastante convívio para se conhecer.

O segredo

A Noiva revelou que o segredo é a importância de cada uma "desejar muito bem" para a outra. Existe um amor estabelecido entre elas. Há empatia. As diferenças se complementam: umas mais ligadas à decoração, outras a gastronomia, outra a organização... Sem contar na criatividade na hora dos cliques.

Assim, fica declarada minha gratidão por uma amizade tão valiosa. E que perpetue.

Felicidades...


JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711