Curitibanos,
logo35.png
a semana-logo.png
redes.jpg

Advertências

03 Dezembro 2017 23:09:00

Sulisia Westphal


(Foto: Divulgação)

Constantemente somos interpelados com advertências das mais inusitadas. Neste caso, referindo-me a alertas, a avisos para tomar cuidado em determinadas atitudes ou situações. Algumas procedem e reafirmam o quanto estamos envolvidos e desconectados de possibilidades nada desejáveis, outras são constatações nada verídicas postadas e multiplicadas sem a fonte ser ao menos identificada. O que já equivale à advertência inicial:

 A fonte procede?

Antes de curtir, comentar, compartilhar, é preciso parar e conferir de que fonte é a informação recebida. Parece algo tão trivial, mas ainda tenho contatos se expondo ao ridículo compartilhando algo completamente descontextualizado.

Presa fácil para assaltante?

Quando já passamos por uma situação de assalto, passamos um bom tempo transformando nossos hábitos, e dependendo da pessoa, acabamos repetindo as mesmas atitudes favorecendo os assaltantes que estão em toda parte, a qualquer hora. Por isso a advertência é: Carregue com você apenas os cartões e documentos necessários. Pois ir a busca da segunda via de qualquer um é sempre tempo desperdiçado, estressante e de murmúrios do tipo, que país é esse? Evite andar de bolsa em lugares vulneráveis. Não deixe objetos visíveis dentro do carro, capaz de atrair interessados... Ou, quando estacionar seu veículo tente sair rapidamente ou, pelo menos lance um olhar súbito ao redor, pois poderá estar sendo alvo do próximo assalto. Organize-se com praticidade para o embarque e desembarque evitando ser presa exposta para tal.

Enrascada com o uso do celular

Quantas histórias vemos e ouvimos diariamente relacionadas ao uso do celular. Aliás, em qualquer espaço é de causar indignação observar todos com o uso do fone e do celular vivendo uma espécie de individualismo declarado. Outro dia, perplexa fiquei observando mais ou menos vinte universitários de diversas faixas etárias, em um ponto de ônibus, cada um na sua "vibe"... Presentes de forma visível, mas completamente invisíveis ao outro. E para completar, acompanhei uma história em que uma estudante de oito anos havia recebido um convite de aniversário online só para as meninas da turma. Passado alguns dias, o pai soube que sua filha entrou no celular da mãe, e que sem perceber, a filha copiou e colou o convite para toda a sala, incluindo também os meninos. Os pais da aniversariante, em uma "saia justa" acabaram convidando a turma toda. Vamos nos colocar no lugar da mãe que teve o celular envolvido... O que você faria? Assim a advertência é converse... Converse... Converse muito com seus filhos sobre as conseqüências do mau uso do celular, para que compreendam a enrascada em que podem se envolver. São tantas possibilidades a serem evitadas, e diante da situação do cole, copia e áudio reforçando a data, tomar todos os procedimentos para reparar a situação constrangedora. Afinal com os erros também podemos aprender!

Natal vazio


(Foto: Divulgação)

Outro aspecto bem atual com a chegada do advento são as belíssimas e criativas decorações natalinas que perpassam por quase todos os ambientes anunciando a proximidade do Natal. Uma beleza indescritível que faz refletir sobre a "beleza interior" de cada pessoa. Preparamos o nosso interior da mesma forma com que preparamos esta "Grande Festa"? Advertência para os próximos passos, muitas vezes consumistas, vazio de amor, afeto, diálogo e simples boas atitudes.


OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif


 

INFORMAÇÕES E CONTATO

Rua Daniel Moraes, 50, Bairro Nossa Senhora Aparecida - 89520-000 - Curitibanos/SC (49) 3245.1711

Copyright © 2015 A SEMANA EDITORA LTDA. Todos os direitos reservados.