35anos barrra.png
35anos barrra.png
  
CONEXÃO

ÁGUA... LEMBRETES...

05 Novembro 2018 17:31:00


(Foto: Divulgação)/

Com a chegada do "Horário de Verão 2018/2019", vêm agregadas várias características: Habituar nosso organismo às mudanças é uma delas. Pois dormir e acordar no horário novo requer alguns dias para nossa adaptação, principalmente das crianças, dos animais de estimação e dos gorjeios dos pássaros bem em nossa janela. Tais transtornos temporários, incluindo uma tarde mais longa, sabemos, não é do agrado de todos. Porém, cabe a cada um tornar este tempo em algo criativo, proveitoso e agradável de viver.

As academias, também já sinalizam a proximidade da estação. Estão bem mais movimentadas. Principalmente a galera feminina querendo intensificar os treinos garantindo um resultado imediato para circular nas praias e piscinas.

É neste cenário que uma pergunta ecoa sem resposta "exata". Quantos litros de água você costuma oferecer ao seu corpo no seu dia-a-dia? Geralmente ouve-se a recomendação de ingerir no mínimo oito copos diários. Mas há quem faça o cálculo exato conforme seu peso.

Aprenda a calcular

A água é fundamental para o corpo. Em dias quentes, precisa ser ingerida várias vezes e um pouco de cada vez para hidratá-lo de maneira equilibrada. A nutricionista Sara Bortoluz ensina como calcular a quantidade adequada de água para cada pessoa: "Ter que beber água oito vezes por dia é um mito. A quantidade de água que deve ser consumida no dia é individual. O cálculo feito é 35 ml de água multiplicado pelo peso corporal de cada um. Por exemplo: Uma pessoa de 45 kg deve tomar 1,5 litros de água (7-8 copos/dia) e uma pessoa de 80 kg deve tomar 2,8 litros de água (14 copos/dia). Lembrando que a água não pode ser substituída por outros líquidos como chás, sucos, refrigerantes, etc.". Já para os idosos, considerando cada indivíduo e o funcionamento do rim, segundo a nutricionista Adriana Ávila: esse valor varia de 20 a 30 ml por kg de peso, ou, dependendo de seu quadro de saúde pode ser maior.

Desidratar

Nas altas temperaturas, exposição excessiva ao sol, já sabemos que a fadiga, a sensação de fraqueza, a queda da pressão arterial, o aumento de sede, ou a elevação da frequência cardíaca, a queda do desempenho, a sensação de pernas pesadas, falta de fôlego, dores musculares entre outras, sinalizam a desidratação. Portanto, relembrando, que nem água demais e nem de menos contribuem para o bem estar.

Águas Aromatizadas

Parabéns para quem aprovou a idéia e não a abandonou durante os dias frios. Mas, para quem como eu, envolvida aceleradamente nos compromissos profissionais, sociais e familiares, e com saudade da beira da praia, "deletou" a ideia, seguem duas sugestões que ouvi e aprovei:

Água atraente e saborosa

Econômica e saudável, além de saborosa e visual deslumbrante: 300 ml de água gelada, 3 morangos, 3 a 4 folhas de manjericão, duas lascas de gengibre e duas rodelas de limão siciliano. Reserve por 20 minutos. Quando acabar, renovar apenas a água e o gelo várias vezes ao dia. Permanece saboroso.

Chá Verde Imperdível, não amargo - SUCHA

Relembrando que consumi-lo significa prevenção do câncer, equilíbrio do colesterol, além de outras vantagens pró vida saudável. Bater no mixer ou no liquidificador: Um sache, ou erva de chá verde, 150 ml de água, 150 ml de chá verde, meia manga em lascas, duas lascas de gengibre, meio suco de limão e folhas de hortelã. Bater bem e, se preferir, pode coar. Mas lembre da quantidade de fibras que serão desprezadas.

Água à vista

Uma boa estratégia é escolher um copo transparente bem lindo e deixá-lo visível por onde você costuma transitar. Calcule sua medida e tenha muito prazer em cuidar de si.

JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711