Curitibanos,
logo35.png
a semana-logo.png
redes.jpg
Murilo.png

O Deus mercado está a nosso favor

29 Outubro 2017 13:18:00

Que nossos dirigentes, públicos e privados, tomem gosto pela coisa 



É que merece vista d'olhos e melhor reflexão os acontecimentosà nossa volta, aqui na terrinha, mesmo porque alhures, na planíciedo planalto tudo o que vemos envergonha e enoja. Coisa parasoltar foguetes a recente visita de uma missão de empresários alemães. Note-se que tal se deve a atitudes a práticas de relações internacionais modernas, sem primeiro ir pedir permissão ao Irmão Grande, ao Ministro sei lá das quantas. Primeiro fomos nós, através da Associação Empresarial. Toda relação começa tímida, mas nossos enviados souberam mostrar e "vender" Curitibanos no mercado internacional. Venderam bem, pois no rastro os alemães vieram para ver de perto quem somos, o que temos, o que queremos e o que eles podem dar. Agora a comitiva de visitantes ultrapassou o terreno do pode ser, do talvez e clarearam os propósitos.

Eles têm interesse e conhecimento na área de produção de energia no sistema térmico através da queima de resíduos industriais de madeira, insumo que não nos falta e, quem sabe, também pela usinagem de outros lixos e descartes. Veja-se que o interesse deles é o nosso. Já estamos com o tesouro nacional semifalido, sem possibilidade de financiar as grandes hidrelétricas e as que estão em obrasvão demorar a finalizar exatamente pela falta de verbas e pelo olho grande da Justiça e da sociedade nos dutos da corrupção deslavada que cerca tais empreendimentos gigantescos.

Já de algum tempo se nota o movimento para a geração de energia em pequena escala, as tais PCHs, mas o que vale os foguetes que citamos é que, se tudo der e vai dar certo, os investimentos, o dinheiro novo que vai chegar é para nós, e não para os grandes centros industrializados de nosso Estado.

Tal aconteceu e vai acontecer exatamente porque não fomos pedir as bênçãos de ninguém de fora. A Europa, a Alemanha neste mundo globalizado fica quase que ali depois da segunda curva ou na outra esquina. Agora vamos nos organizar e os nossos dirigentes empresarias já se articulam para localizar aqui os investidores que deverão se associar aos alemães para concretizar o projeto. Esta prospecção de negócios, esta busca de parceiros não deve parar por aí.

Que nossos dirigentes, públicos e privados, tomem gosto pela coisa e habituem a ir à busca destes investidores, de financistas que estão por aí aos montes e que precisam é exatamente nos conhecer.


OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif


 

INFORMAÇÕES E CONTATO

Rua Daniel Moraes, 50, Bairro Nossa Senhora Aparecida - 89520-000 - Curitibanos/SC (49) 3245.1711

Copyright © 2015 A SEMANA EDITORA LTDA. Todos os direitos reservados.