ASemana 36 anos.png
ASemana 36 anos.png
  
Murilo.png

Feliz Ano Novo

03 Janeiro 2019 11:50:00


(Foto: Divulgação) /

É que, quando meu estimado e (im)paciente leitor estiver brindando este escriba moreno com a bondosa atenção a algaravia que aqui grafamos semanalmente, o ano estará entrando em agonia, nos estertores do mergulho para o passado. Já vi escrito na badana de uma carreta que quem vive de passado é museu, então, lancemos olhar para o futuro, futuro próximo, tentando ver, adivinhar o que vai ser, o que virá. 

Dizem as estatísticas que apenas dez por cento da população brasileira concentra noventa por cento da riqueza nacional, então, para estes que riem à toa, o futuro sempre é risonho e promissor, cheio de ricas possibilidades de mais ganhos. Como estamos inclusos?no cardume da maioria, contando sempre os vinténs e tostões, não é exatamente sem algum temor que vemos o ano novo aproximar-se. 

O que se nos está reservado? Ano novo, governo novo, novos planos que sempre pretendem nos conduzir para o caminho do bem estar, da felicidade. O Presidente da República que se está a empossar anuncia medidas e atos que pretende ele vai colocar as coisas nos eixos. Como gato escaldado tem medo de água fria, este moreno escriba também tem lá seus medinhos. 

O homem tem também suas idiossincrasias e é chegado num ranço, exemplo disto foi a ordem que deu para desconvidar para sua posse os governos de Cuba e Venezuela. Um contrassenso, pois tem ele proclamado que pretende em seu governo eliminar o viés ideológico em suas relações internacionais. O desconvite não foi por conta de desejo de aplaudir a democracia, mas exatamente para demonstrar o seu caráter extremista. Todo extremismo é ruim. 

Encurtando o campo de visão, ao menos aqui em nossa casa as coisas devem fluir em ritmo parecido com o ano que se encerra. A iniciativa privada vai vencendo temores e, ainda que timidamente, vai investindo e fazendo crescer seus negócios. A Administração Municipal deverá continuar a execução das obras em andamento, resultado de acurado planejamento com criteriosos e prudentes investimentos, dentro da acertada política de iniciar obras ou ampliar serviços somente com?o dinheiro garantido. Para o ano, entrante, o prefeito deverá concluir os prédios em execução, a maio?ria destinada à oferta de mais e melhor educação. Até o final do ano próximo o prefeito Dudão deverá então finalizar seu ambicioso e bem sucedido plano de governo, para no início de 2020, com calma, e à tranquilidade que lhe é própria, dedicar-se as tratativas políticas destinadas a partejar seu sucessor. Se não comungamos do otimismo bobo dos sonhadores nos alinhamos na saudável expectativa dos torcedores para tudo dar certo. 

Jornal "A Semana" | Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida | 89520-000 | Curitibanos | (49) 3245-1711