Curitibanos,
logo35.png
a semana-logo.png
redes.jpg
Murilo.png

Aprendendo a saúde

20 Outubro 2017 22:00:00

Murilo Machado


"Este mês é dedicado a cuidados para com a saúde feminina" (Crédito: Divulgação)


É que, outubro marchando para o fim, mais um mês deste ano infecto e pleno de tudo o que não presta vindo dos tais altos níveis, resta lançar vista d'olhos sobre a cor suave que caracteriza a campanha anual de prevenção e manutenção da saúde da mulher. Realmente o tema e suas pretensões devem ser coloridas com róseas cores. Começa que, de ordinário, o ser humano é pouco ligado a aspectos da sua própria saúde, dirigindo mais suas preocupações para com a saúde dos outros, dos amigos, do vizinho e dos inimigos também, sendo que para estes últimos à preocupação navega em contrário com desejos íntimos de que a saúde do distinto mingue e se esvaia.

Pois bem, este mês é dedicado a cuidados para com a saúde feminina em aspectos e espectros deste mal insidioso e cruel chamado câncer. O poder público, em todas as esferas e níveis, busca alertar e incentivar cuidados, recomenda exames periódicos, autoexame e visita periódica ao ginecologista para começar e este, por sua vez, se for o caso, se socorre do parecer e serviços de outros especialistas. A melhor colocação que podemos dar para o tema é a constatação científica de que o câncer de mama se detectado cedo é perfeitamente curável e o êxito terápico tem percentuais acima de 95. Isto é bom especialmente com os avanços conquistados pela ciência no trato e combate deste insidioso mal.


Claro que ainda temos um número elevado de óbitos se desprezarmos as

estatísticas frias e considerarmos o tamanho e desigualdades deste Brasil.


A preocupação e o trabalho das autoridades, dos responsáveis pela saúde pública é em trabalhar mais de perto com os, no caso as chamadas camadas mais pobres e, por consequência, menos esclarecidas e que necessita de maiores cuidados e estímulos para estes cuidados, especialmente no campo da prevenção. Um dos pontos de maior impacto, no caso de Curitibanos, está exatamente na estratégica oferta de unidades básicas de saúde nos bairros, ao alcance e sob as vistas das comunidades, sendo a presença do posto de saúde e seus profissionais um estímulo importante ao ataque preventivo às doenças.

No mais a questão vai exatamente para a questão educativa, estimulando, treinando e convencendo o povo, no caso presente, as mulheres, a fazer os exames e visitar periodicamente o médico para manter a saúde ou, no pior dos casos, a descoberta precoce dos tais nódulos cancerígenos nas glândulas mamárias, garantindo tratamento e cura. A educação passa, também, neste mês, e nos outros, pela frequência às palestras, ao ouvir especialistas de reconhecida competência pois, ao vivo, os ensinamentos deles podem induzir as práticas de uma saúde preventiva que vai eliminar males maiores e dolorosos no futuro.

OculoseCia.gif
ConexaoMaster.gif


 

INFORMAÇÕES E CONTATO

Rua Daniel Moraes, 50, Bairro Nossa Senhora Aparecida - 89520-000 - Curitibanos/SC (49) 3245.1711

Copyright © 2015 A SEMANA EDITORA LTDA. Todos os direitos reservados.