35anos barrra.png
35anos barrra.png
  
Paula.png

Quem sou, de onde vim e por que estou aqui?

17 Março 2018 08:15:00

Por que estou aqui? Qual é o meu valor? Tenho algum valor essencial? Tenho algum objetivo? Essas são questões fundamentais para nossa sobrevivência. Elas são as "grandes questões" da vida. Como você responde a estas perguntas decide como você vê e trata o mundo. Visto que você é uma parte do mundo e como você vê o mundo também determina como você vê e cuida de si. Assim, é importante que resolvamos estas questões. Respostas erradas à perguntas importantes não são úteis.

Nós nascemos diariamente neste mundo, acordamos e damos início a um novo dia. Assim que acordamos, nossa mente começa a nos dizer o que fazer.

Na primeira aula de administração que eu fiz na vida, um grande e sábio professor disse: "Vocês estão aqui para aprender e tirar uma nota boa; eu estou aqui para fazer vocês pensarem como administradores". Não entendi direito o que ele tentou dizer; Imaginei, como seguramente muitos de vocês imaginarão agora, que a administração é uma área do conhecimento humano que lida com pessoas, dinheiro, informações, taxas de juro, mercado nacional e internacional, inflação, etc. Não é. Administração é uma forma de ler o mundo. Assim como a história explica o presente pelo que aconteceu no passado. Assim como a sociologia clarifica o mundo pelo comportamento de sociedades. Assim como a psicologia nos revela o mundo considerando as motivações inconscientes que motivam o comportamento de indivíduos. A administração lê o mundo através de algumas ferramentas que nos auxiliam na sua descoberta e compreensão.

Algumas pessoas veem administradores falando sobre outras áreas do conhecimento e se ressentem da impertinência desse progresso sobre outras áreas do saber. Não percebem justamente que as hipóteses que norteiam a criação do novo homem moderno e a caixa de ferramentas estatísticas que são normalmente usadas para decifrar índices, taxas de juro ou de retorno de investimento podem ser também aplicadas a qualquer situação. Assim como se pode falar de história, psicologia ou sociologia da educação, também se pode falar da administração da educação.

Mas o que faz a administração da educação? Basicamente, duas coisas. Primeiro, analisa o impacto da educação sobre questões econômicas (renda, crescimento econômico, desenvolvimento econômico e social, qualidade de vida, desigualdade social, ...) e vice-versa. E, segundo, utiliza-se de suas ferramentas, as análises estatísticas e de cenários, para analisar a própria educação, determinando quais variáveis são, relevantes ou significativas, para determinado resultado.

Um sociólogo pode apresentar amplas teorias sobre, por exemplo, a relação entre educação e criminalidade. Um administrador pegará uma variedade de dados como taxas de escolaridade, renda, idade, índices de homicídio, por exemplo, e atrelará a outras incontáveis variáveis que podem influenciar sua relação e analisará todas elas, buscando compreender se há ou não uma relação entre educação e crime, educação e baixo desenvolvimento econômico, ou quanto um explica o outro e quais são as outras questões relevantes.

"Ser administrador é vivenciar, a cada dia, a possibilidade de ser um agente de mudança, um ser protagonista na vida de organizações, pessoas e sociedades".


JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711