Curitibanos,
35anos barrra.png
35anos barrra.png
  
Zuquelo.png

Desemprego

28 Abril 2018 10:47:00


(Foto: Divulgação)

Prossegue o Governo na busca do equilíbrio fiscal e na retomada do crescimento da economia. Há esperança de que este ano de 2018 seja promissor, entrando em declínio a curva da crise econômica e também política que assola a nação já há alguns anos.

O nível de emprego tem melhorado, conquanto persistam 12,7% de desempregados, número que vem caindo gradativamente, o que causa perspectiva animadora para a classe trabalhadora e também para os empregadores, por tratar-se de indicador claro da melhora da economia 

Outro indicador positivo é o do déficit público, que fechou o ano de 2017 abaixo da meta estabelecida, demonstrando alguma melhoria nas contas públicas. Também o dólar recua frente ao real. 

Em descompasso com esses indicadores está a avaliação do Presidente da República, mantendo-se sua reprovação na casa dos 70%, segundo pesquisa recente, que demonstra ainda um singelo número de 7% de pessoas que aprovam o Governo do Presidente Temer. 

Essa baixa popularidade do Presidente pode ser positiva, facilitadora da implementação das políticas pretendidas pelo Governo, por não ter muito mais a perder perante a opinião pública.

Aliado a isso, a afirmação do Presidente de não possuir pretensões políticas favorece-lhe a governabilidade e o trato com questões impopulares, a exemplo da Reforma da Previdência. 

Pelos resultados da economia e pelos indicadores gerais da situação do Brasil, a reprovação do Governo de 70% parece não refletir o verdadeiro nível de satisfação das pessoas com a Administração Pública, possuindo, talvez, um componente negativo remanescente do Impeachment e das denúncias contra o Presidente 

Por outro lado, o ex-Presidente Lula, mesmo após a sua condenação criminal, continua liderando as pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República, mantendo ainda expressivo número de simpatizantes. Essa liderança possivelmente será utilizada para reforçar o discurso de perseguição política em caso de restar impedido de concorrer nas próximas eleições, com base na Lei da Ficha Limpa 

Já o Deputado Bolsonaro, com sua ideologia de direita, vem conquistando admiradores e eleitores por falar, sem temor, sobre vários assuntos importantes que muitas pessoas gostariam de expressar-se e que não o fazem por receio ou temor dos modernos formadores de opinião. 

O certo é que, em 2018, com a Copa do Mundo e com as Eleições, haverá muito assunto para debate, não podendo, porém, o país parar por conta desses eventos. 


JORNAL "A SEMANA"
Rua Daniel Moraes, 50, bairro Aparecida
89520-000  -  Curitibanos/SC  -  (49) 3245-1711